Vídeo: Luana Piovani diz que filha chora há 8 dias com saudades do pai!

As reclamações de Luana Piovani a respeito da ausência de Pedro Scooby vem de longa data, não é de agora, que o brother é alvo de críticas da ex-mulher. Mas a atriz, dessa vez, resolveu compartilhar um vídeo, onde os filhos estão chorando, e é possível ouvir as crianças perguntando quando o pai vai voltar.

Luana não é a única mulher que enfrenta dificuldades ao cuidar dos filhos sozinha. Milhares de mulheres passam por isso todos os dias, a ausência dos pais em casa, é uma realidade, infelizmente, comum, nas famílias brasileiras.

É evidente, que Luana, possui muitos privilégios, e a situação que ela enfrenta, não chega nem perto da que muitas mulheres passam todos os dias, mas é importante uma mulher pública abordar o assunto para que todos nós olhemos para essas mães que, precisam encarar uma jornada dupla, até tripla, de frente, e que são desafiadas todos os dias com a maternidade sem um pai por perto.

Luana deixou claro desde a entrada de Pedro Scooby no programa Big Brother Brasil, que não estava de acordo com a decisão do ex-marido, mas que se via de mãos atadas.

Quantas mulheres já se viram de mãos atadas, com os filhos no colo, enquanto o pai das crianças, decide ir viver uma aventura, ou seguir os seus “sonhos”?

Antes mesmo de Scooby entrar na casa, ela já reclamava que as crianças, quando estavam na casa do pai, chegavam atrasadas na escola, ou faltavam das atividades extracurriculares… Ela chegou a dizer, certa vez, que as crianças chegaram em sua casa, depois dos dias que ficaram com o pai, “cheias de piolho”.

Muitas mulheres que compartilham a guarda dos filhos com os pais, enfrentam situações parecidas, quando os filhos estão na casa da mãe, elas seguem uma rotina e uma regra estabelecida pela mãe, mas quando estão na casa do pai, as coisas seguem diferentes.

Os pais e as mães acreditam que eles enfrentam as maiores dificuldades, mas na verdade, quem fica no meio do fogo cruzado, são os filhos. Existem mulheres que ainda enfrentam o desafio de ter que consolar os filhos, quando o pai, mesmo tendo o direito de visitas regulares aos filhos, opta, por não visitá-los. Ai, novamente, a mãe precisa se desdobrar para tentar amenizar as saudades que, infelizmente, as crianças sentem.

Ser um filho de pais separados não é nada fácil, principalmente, quando a gente começa a perceber, que existe um oceano imenso separando pai e mãe, ou seja, quando a gente percebe que os nossos pais não conseguem seguir a mesma linha de educação.

Muitas crianças desenvolvem problemas emocionais nessa fase, principalmente, quando percebem a insatisfação da mãe ou do pai, diante do comportamento um do outro. Crianças não entendem muito bem essas brigas, elas só entendem que não é nada bom sentir saudades.

Assista o vídeo que a Luana Piovani postou em seus stóries e que foi compartilhado pela página da Roberta Jungmann:

No vídeo, Luana diz que Dom fraturou o ombro, e enquanto ela conta o que está acontecendo, a menina chora e chama pelo pai. “Mãe, quando o papai vai chegar?”. Luana, então, diz que a filha está há 8 dias chorando sentindo falta do pai.

Só quem já enfrentou uma situação parecida, sabe como é difícil. Muitas mães adorariam ter a ajuda do pai dos filhos, e muitos filhos, adorariam ter o pai mais presente em casa, mesmo que separado de sua mãe. Nesse momento, existem milhares de crianças que sentem saudade de seus pais, mas precisam aceitar que seus pais não querem se responsabilizar pela sua criação, muitos, nem sabem quem são seus pais, outros tantos, até sabem, mas não recebem o amor desses pais.

Sim, existem mães ausentes também. Mas, infelizmente, homens deixarem toda a responsabilidade nas costas da mãe, se tornou comum.

O que geralmente acontece com crianças que crescem sentindo saudades do pai? Quando se tornam adultos, acabam manifestando carências afetivas e acabam projetando a figura do pai, em outras pessoas. O que resulta na aceitação de relações superficiais, frias e abusivas, onde aceitam receber migalhas de afeto.

No caso dos filhos de Luana, o pai, por mais que esteja ausente agora, por conta do programa, é um pai presente, mas para milhares de mulheres do mundo, a história é bem diferente e o buraco é mais profundo.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e Taróloga. Para agendar uma SESSÃO DE AUTOEXPANSSÃO com a Iara, mande um direct para @ESCRITORAIARAFONSECA

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .