“Qual seu propósito de vida?” Um convite à Jornada do Autoconhecimento

Lana Bella

Seguindo direção contrária do meu artigo “Como e porque escrever sobre VOCÊ”, onde te convido a iniciar o exercício imaginando uma situação passada, gostaria agora de te levar ao futuro. Vamos juntos?

Imagine que você está no auge de seus 65 anos, é hora de se aposentar e finalmente curtir a vida. Você trabalhou duro para chegar até aqui, não é mesmo? Pode encontrar a felicidade e aproveitar seu tempo. Que maravilha! Será? E se todo o esgotamento emocional – consequência de tantas preocupações – for agora causa de algo pior?

“O esgotamento emocional é um grande vilão que se não for tratado com seriedade pode se transformar em depressão. Tudo começa de forma discreta e você não dá importância, acha que é apenas cansaço e assim que tiver um tempo tira uma folga para relaxar e tudo ficará bem. O problema é que essa folga vai sendo adiada constantemente por problemas cotidianos e alguns sintomas começam a aparecer […]”

Luciana Lara – pedagoga, professora, terapeuta holística, espiritual coaching e mestre reiki – em seu artigo “10 sintomas do esgotamento emocional”.

Você vai contar aos seus entes queridos sobre seus sonhos e desejos daqui para frente, tudo que deixou de fazer e quer colocar em prática agora. Aquela viagem com a família, um reencontro com os velhos amigos… E sente uma pontada no peito ou uma dor de cabeça chata, acha que não é nada e deixa para lá. Só continua em toda sua empolgação falando mais e mais.

No dia seguinte? Você simplesmente não acorda. “Nossa, Lana! Para que isso? Que tapa na cara…”, assim mesmo. A vida tem dessas, sabe? Já diz o velho ditado: para morrer basta estar vivo. E aí? Acha que morreu feliz? Ou apenas esperando pela felicidade?

A felicidade nunca está distante, ela está sempre logo ali batendo à sua porta. Mas você nunca a deixa entrar. Afinal, está ocupado demais. Preocupado em sobreviver. Quando haverá tempo de se preocupar em VIVER?!

Então eu serei legal contigo. Aqui e agora. Vou te dar outra chance. Tome esta poção e volte no tempo. Você tinha 65 quando morreu achando que seria feliz. Agora você tem exatamente sua idade real. O que muda? Qual seu primeiro passo?

Em seu artigo “12 caminhos para inspirar e direcionar a busca pelo propósito”, o cofundador e facilitador do Impulso Emerge e dono da Pharrel Consultoria, Raphael Rodrigues, afirma: “Nos tempos atuais, muitas pessoas têm buscado entender e vivenciar o real propósito de suas vidas, o significado e o sentido das suas atividades laborais e o estilo de viver que traga harmonia, equilíbrio, paz e felicidade. A cada dia, mais pessoas têm vivido seus talentos e paixões de forma intensa, muitas vezes transformando-os em trabalho, equilibrando o SER e o TER”.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Desde minha época de escola, assim como qualquer ser pensante, questionei para que usaria tudo aquilo em minha vida. Nunca concordei com o sistema de ensino e não me deixei abalar por ele. A falta de respostas que me fariam brilhar os olhos nunca permitiu me aquietar. E acredito que é isso que falta nos adultos: resiliência.

Geralmente, questionamos tanto durante nossa infância e adolescência, que quando chegamos à vida adulta simplesmente desistimos. Acostumamo-nos com o pouco, entramos no piloto automático, encontramos a comodidade da zona de conforto e deixamos por isso mesmo. Somos vencidos pelo cansaço! Mas não deveríamos…

“Você acumula sonhos que não consegue realizar? Não consegue tirá-los do papel? Prefere acreditar que nunca se tornarão realidade? Pois saiba que o pior que pode fazer por si mesmo é desistir dos seus sonhos”

Leia mais em meu artigo “10 lições que aprendi sobre SONHOS assistindo ao filme ‘Loja de Unicórnios’”.

Está tudo bem errar algumas vezes, desde que não desistamos. Afinal, o fracasso faz parte do sucesso. Cair e levantar. Assim é a vida. Entender e sentir isso é entrar em equilíbrio. Pois bem, equilíbrio… Todos desejamos qualidade de vida e, sem dúvida, ela mora no equilíbrio.

Claro que é difícil encontrá-lo. Um trabalho tão árduo e complicado quanto qualquer outro, mas que quando feito com amor vira também um prazer. Tudo que é carregado de carinho fica mais fácil.

“Precisamos buscar aquilo que nos define e nos leva além. Esse será o nosso impulsionador. Precisamos buscar aquilo que nos deixe felizes à noite. Aquilo pelo que, antes de dormir, nos faça sentir gratos e realizados em ter feito. Teremos dias difíceis e desafiadores? Sim. Mas tudo bem, pois esses dias serão nosso combustível para querer fazer ainda melhor”, escreveu a LinkedIn Top Voice e TEDx Speaker, Débora Alcântara, em seu artigo “Prazer x Propósito”.

E aí? O que você pode fazer hoje para um amanhã melhor? Quais perguntas gritam em seu interior enquanto você as ignora? Vai continuar se deixando para depois? Qual legado quer deixar para a humanidade? {♡}

*Comece aqui, olhando ainda mais para dentro de si, e se permitindo recomeçar.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Lana Bella, Autor em Resiliência Mag

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Lana Bella
Apenas uma jovem adulta de alma intensa, livre, transparente e autêntica - apaixonada por si e por tudo que o mundo ainda possui a me oferecer. Nascida em São Paulo, aos 19 anos luto a cada dia para ser minha melhor versão. Encontrei na escrita uma maneira de organizar meus pensamentos, aquietar meu coração e conhecer a mim mesma. Correndo sempre atrás do sonho de ajudar o próximo a estar bem consigo mesmo em toda sua complexidade do ser e de ser humano.