Não tente convencer o burro. Ele não vai se tornar inteligente só porque você quer. É sobre estar seguro de quem você é e não sobre o que “acham” de você.

O burro sempre vai tentar te diminuir para tentar disfarçar a sua insignificância, mas quando você cai na armadilha, ele sente que conseguiu vencer a discussão, mesmo tendo aplicado um discurso totalmente descabido.

Melhor mesmo é deixar que ele vá pastar em outro campo para não estragar o seu gramado com o peso dos seus cascos. Permita que ele siga o seu caminho, antes que ele comece a espalhar o seu esterco.

É sobre se conhecer a ponto de não se preocupar mais com o que acham de você.

É estar convicto de quem se é, e não se deixar levar pela a arrogância da auto-importância que não quer ser difamada e não aceita que tentem sujar a sua “imagem”.

Entenda uma coisa: o burro não vai se tornar inteligênte, de uma hora pra outra, só porque você quer. Uma mentira, mesmo que seja muito bem contada, uma hora, acaba sendo descoberta.

Mesmo que alguém levante calúnias sobre você, se o que dizem não é verdade, e você sabe qual é a verdade, você não precisa se descontrolar para provar quem você é. Porque é exatamente isso que o burro quer. O burro não consegue te atingir porque você já alcançou um patamar mais elevado, então, ele vai tentar de rebaixar para te trazer para o mesmo nível dele.

Quando você escolhe perder o seu tempo se explicando, ou dizendo o óbvio ao burro, ele percebe que ganhou a discussão, mesmo, não tendo dito nada que se possa aproveitar, simplesmente, porque ele conseguiu chamar a sua atenção.

Não ofereça o seu valioso tempo àqueles que nunca querem aprender e sempre se acham no direito de falar sobre o que não sabem. É como dar murro em ponta de faca.

Definitivamente, não vale o desgaste.

Se você quer conquistar essa segurança de não se importar, nem se incomodar com o que dizem sobre você, me chame no direct @rhamuche, e agende uma consulta individual.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

*Foto de Andre Sebastian no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.