Quem se humilha recebe migalhas, quem se valoriza come o bolo todo!

É extremamente difícil e desgastante viver mendigando afeto a quem não se importa, nem um pouco, com o que a gente sente.

É triste perceber que, quem a gente ama não se importa com as nossas necessidades e nos oferece muito pouco, achando que já está fazendo muito.

É frustrante oferecer o nosso melhor para quem só consegue nos oferecer o seu pior.

É de humilhação em humilhação que a gente acaba derrotado diante de um amor que nos ilude e nos enfraquece.

A gente se espreme tentando ocupar um espaço tão pequeno que, de repente, a gente não se reconhece mais.

A gente se sente pequeno diante da pequenez do sentimento que o outro tem a oferecer.

É preciso parar de se humilhar para quem não sabe valorizar o que a gente faz ou fez. Mas para isso, é necessário sair do espaço desse espaço apertado onde nos colocamos.

É preciso olhar para a gente mesmo com carinho, valorizar quem a gente é, todas as nossas partes e nos perdoar por ter aceitado tão pouco quando merecíamos muito.

Enquanto você não reconhecer que merece mais, você vai continuar recolhendo as migalhas que jogadas no chão.

Quem se humilha, acredita que o amor do outro é mais importante que o amor-próprio, enquanto quem se valoriza sabe que nada, nem ninguém, poderá lhe dar mais amor, do que ela mesma.

Quem consegue enxergar o seu valor não demora em lugares apertados, não permanece ao lado de quem oferece apenas “restos”, ela busca novos lugares onde o banquete está sendo servido.

Quem se humilha por amor recebe migalhas, quem se valoriza, come o bolo todo! Pare de aceitar o pouco que te oferecem.

Se você já se decepcionou demais e hoje, sente que não pode mais acreditar no amor, me chame no direct @rhamuche, agende uma consulta individual para ressignificar tudo isso. Você merece mais!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

Foto de MI PHAM no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.