Muitas vezes parece que nada muda; outras, tudo muda drásticamente!

Em alguns momentos, parece que nada muda; em outros, tudo muda rapidamente, mas seja em tempos de brisa leve ou de furacões, devemos estar preparados para aceitar e fluir com as mudanças que a vida traz.

É preciso entender que, assim como os ventos movimentam a energia da atmosfera terrestre, renovando o oxigênio, espalhando sementes, o pólen das flores, renovando a vida e a natureza através do movimento, assim também os ventos da mudança trazem renovação em nossas vidas.

A resiliência é uma habilidade imprescindívelque nos ajuda a enfrentar as mudanças e a crise em que vivemos atualmente.

Esse é um conceito que veio da física e se refere à capacidade dos metais de voltarem para sua forma inicial mesmo após serem submetidos a altas temperaturas.

Se fizermos uma comparação com as situações da vida, a expressão passa a ser usada para se referir às pessoas que conseguem manter a serenidade ao lidar com situações delicadas e, até mesmo, tirar lições positivas dessas experiências.

Quando uma pessoa resiliente percebe a necessidade de mudança inevitável, ela simplesmente muda, sem se lamentar, ela aceita que deve agir diferente agora, de um modo flexível, como a situação exige e, não, como ela gostaria que fosse.

Quando alguém ressignifica algo, quer dizer que deu outro significado.

Dar outro sentido para uma situação ou um momento da sua vida pode vir a calhar quando você deseja fazer grandes mudanças positivas em sua trajetória.

A resiliência nnos ajuda a conquistar a autonomia, tanto na vida pessoal, quanto a nível profissional, é um feito que irá contribuir no desenvolvimento de qualquer pessoa.

A palavra autonomia significa a capacidade de se autogovernar, ou seja, viver de acordo com as próprias vontades.

Conquistar a autonomia em sua vida é muito importante para evitar viver em função de terceiros e te leva a agir com ousadia, com medo mesmo, diante dos desafios que a mudança exige.

Não devemos desejar que tudo permaneça igual. Quem muda conforme a vida pede, se coloca em movimento e entra no fluxio da abundância. Porém, aquele que escolhe permanecer irredutível, lamenta e teme as mudanças, muda apenas se a vida lhe forçar essa mudança e, nesse caso, mudar pode ser extremamente doloroso.

Melhor seria se nós aceitássemos as mudanças como um bem necessário, que nos colocassemos dispostos a mudar o que é preciso, que oferecemos o nosso melhor, mesmo quando não o conhecemos de fato. O desconhecido, muitas vezes, causa medo, mas não deveria, é apenas uma maneira que a vida encontrou de nos ensinar o que é preciso para a nossa evolução e crescimento pessoal.

Se você sente que tem muita dificuldade em aceitar as mudanças, se você acredita que é “assim” e que nunca vai mudar o seu jeito de ser”, você deve estar sofrendo as consequencias da sua falta de flexibilidade e, é possível que você precise de ajuda. Me chame no direct @rhamuche, eu posso te ajudar a aprender a entrar no fluxo da vida e viver de uma maneira abundante.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.