Cuide do coração dos outros como se fosse o seu! Pare de tentar controlar a vida das pessoas, prefira aceitar as escolhas delas, mesmo que elas não te beneficiem!

A vida dos outros, muitas vezes, parece mais atrativa do que a sua, mas a grande verdade é que, quando você quer controlar o que o outro deve ou não deve fazer, como ele deve ou não deve ser, você está, inconscientemente, tentando evitar a mudança que você precisa realizar na sua própria vida.

A necessidade de controle é a mais clara demonstração de que você está querendo, a todo momento, fugir da sua realidade.

O controle excessivo é prova de insegurança e medo. Quando você quer controlar como o outro age, você se coloca como superior e deixa a mente no controle. Acontece que quem tem as melhores respostas e soluções é o coração.

Para muitas pessoas, essa máxima é de difícil entendimento, simplesmente porque, elas estão tão focadas no que o outro está fazendo da vida dele, que ela não consegue perceber o que ela está fazendo com a própria vida.

As pessoas não têm que agir como você quer, nem você precisa ser quem não é para agradar os outros. A única coisa que você precisa fazer para se sentir bem consigo mesmo é cuidar do coração do outro como se fosse o seu.

A vontade de controlar a forma como o outro reage a nós, ou a maneira como ele escolhe viver, sempre nos coloca em estado de sofrimento. Você faz com o outro, mas não gosta quando fazem com você.

Mas quando você permite que as coisas aconteçam naturalmente, você vive em paz e consegue trazer soluções para o presente. Insistir em querer que coisas aconteçam exatamente da maneira que você quer, só te faz criar mais problemas.

Ao fazer essa escolha, você começa a temer as mudanças que precisam ser feitas e como não dá para controlar a vida, você é atropelado pelos acontecimentos, bombardeado pelas urgências e pelos imprevistos, mesmo planejando e tentando controlar todos os detalhes.

Escolha focar na sua própria vida, se responsabilizar pelas suas reações e não pelas dos outros.

Prefira focar na beleza da vida, reconhecer as bênçãos, os frutos colhidos, sentir satisfação, dar graças, sentir alegria e festejar, em vez de criticar, julgar e cobrar.

Comemore as escolhas dos outros, aceite o que eles decidirem para si mesmos, mesmo que não seja aquilo que você faria, porque cada um está vivendo a sua própria batalha interior e tem o seu próprio tempo de aprendizado e entendimento.

Respeite isso!

Empatia sem compaixão é mera ilusão do ego. Cuide do coração dos outros como se fosse o seu!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

Sentir e praticar a gratidão todos os dias é o segredo para a verdadeira felicidade. Quer aprender a utilizar a gratidão para atingir todos os seus objetivos? Clica nesse LINK e adquira o meu novo livro “MINHA GRATIDÃO DIÁRIA” ele vai te ajudar a mudar a sua realidade para melhor.

Foto de Deniz Demirci no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.