Se o amor pudesse falar, ele diria: Me faça crescer em você!

Poucas pessoas entendem que o amor nasce da compreenssão profunda, que não há amor quando não há entendimento.

Se o amor pudesse falar, ele pediria para que todos buscassem entender as limitações e as dores uns dos outros, que fossêmos mais compreenssívos e empaticos com os sentimentos, tanto os nossos, quanto daqueles que convivem conosco.

Se o amor pudesse falar, ele nos diria para deixar de dialogar com a razão, pois ela sabe como dói uma paixão, mas não sabe como o amor consegue curar todas as feridas.

Se o amor pudesse falar, talvez ele nos mostrasse o quanto ainda não sabemos amar.

Talvez ele choraria por dias, cansado, de tanto ter sido abandonado.

Se o amor pudesse falar, ele pediria uma prece, clamaria por misericória, pediria para que tivéssemos piedade e não o condenasse a morte.

Talvez ele nos alertasse para o fato de que dor e apego não são amor, são só as nossas sombras brincando de amar.

Se o amor pudesse falar, ele nos diria para não o chamar à toa, se ainda não formos capazes de o oferecer incondicionalmente.

Ele nos mostraria a verdade sobre ele, desmascaria aqueles que dizem sentí-lo, mas que são capazes de destruir, magoar e trair.

Ele pediria desculpas a todos aqueles que confiaram nele e que o ofereceram para todos, mas foram humilhados, rejeitados e abandonados.

Ele falaria uma infinidade de palavras benfeitoras para todos aqueles que já sofreram demais.

Se ele pudesse falar, ele nos pediria para esquecer todos e tudo que já nos machucou.

Ele nos faria olhar para o que realmente importa e para o que pode nos trazer felicidade.

As palavras do amor seriam como brisas leves que fariam passar aquele aperto no peito, ele pediria para que nos entregássemos a ele com responsabilidade afetiva, que não o usássemos como moeda de troca, mas sim, como bálsamo da vida.

Se o amor pudesse falar, ele diria: Me faça crescer em você!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.
Sentir e praticar a gratidão todos os dias é o segredo para a verdadeira felicidade. Quer aprender a utilizar a gratidão para atingir todos os seus objetivos? Clica nesse LINK e adquira o meu novo livro “MINHA GRATIDÃO DIÁRIA” ele vai te ajudar a mudar a sua realidade para melhor.

Foto de Darius Bashar no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.