“As aparencias enganam, mas as energias não mentem”.

O autor Alexandro Gruber escreveu um texto que revela uma verdade indiscutível:

As aparências podem até tentar nos enganar, mas quem está desperto, consegue sentir as energias que cada ser humano transmite.

“As aparências enganam, mas a energia não mente.

Quando uma pessoa tem bom coração isso se nota de longe. As aparências se constroem, mas a essência sempre se revela.

Ninguém consegue ocultar aquilo que é e traz consigo. A energia fala muito mais do que palavras. Ela releva as intenções que a alma carrega.

É a energia que dá o tom, a beleza, o bem-estar.

As pessoas mais bonitas sempre são aquelas que nos abraçam por dentro, que nos fazem nos sentimos bem apenas com sua presença, que possuem uma aura de afeto, bondade e luz.

A gente não cria amizades, afetos e relacionamentos por gostos ou aparências, mas pela sintonia de energia. A gente pode até se apaixonar pela aparência, mas é a energia que conquista e faz ficar.

Acredito muito que a intuição nunca falha, que a energia sempre revela quem as pessoas são, que é ela que une e também afasta, porque uma coisa é certa: as aparências podem iludir, mas a energia jamais mente!”, escreveu o autor.

Em um momento onde a ira, o egoísmo e a ganância estão levando os seres a despertarem para a maldade e, pior, para a crueldade, que é capaz de destruir tudo o que contraria as suas vontades mesquinhas, devemos olhar para as energias como se fossem substâncias mais palpáveis e visíveis.

Mesmo que muitos, ainda não consigam ver a energia dos outros, a grande maioria de nós, consegue sentir. O problema é que a gente finge não sentir, a gente tem medo de sentir… E esse medo é fruto da ilusão que criamos a respeito da verdade e do sentido da vida.

Quando a gente parar de sentir medo do medo e passar a agir com coragem na intenção de fazer o bem para nós mesmos e para todos que vivem aqui, construíremos um mundo mais justo, passífico, onde os seres se respeitam e valorizam as suas diferenças.

Essa mudança, precisa começar em nós. Cada um de nós precisa começar a iluminar as próprias sombras para que essa luz, possa iluminar tudo a nossa volta e dissolver os conflitos que nos impedem de viver em paz uns com os outros.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e Taróloga. Para agendar uma SESSÃO DE AUTOEXPANSSÃO com a Iara, mande um direct para @ESCRITORAIARAFONSECA

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .