Só é amor de verdade quando a relação te faz bem e te torna melhor!

Muita gente, nesse exato momento, pensa estar sofrendo “por amor”. Mas na verdade, estão sofrendo a falta dele.

O amor é dinâmico e requer ação para prosperar. Quando paralisamos e nos vitimizamos por não nos sentir amados por outra pessoa, nós nos afastamos ainda mais do amor verdadeiro.

Assim, nos sentimos fragilizados, vulneráveis e passamos a acreditar que amar dói, quando na realidade, a dor que estamos sentindo é resultado da nossa falta de amor-próprio.

Quando estamos preocupados com o que o outro sente em relação a nós ou como o relacionamento pode estar sendo visto pelos outros, nós nos desconectamos da verdade e passamos a acreditar em um falso amor.

Mesmo que seja bom ser amado por outra pessoa, cada um de nós só pode realmente sentir o nosso amor. O fato de acreditar que o que nos falta é o amor do outro é o que nos leva a ruína emocional.

Na verdade, quando estamos nos sentindo mal amados, não é o outro o responsável, mas nós mesmos.

Para nos conectarmos com esses sentimentos amorosos dentro de nós, temos que realizar ações amorosas com a gente mesmo. Caso contrário, passamos a criar uma fantasia a respeito do amor e ele se torna um ideal, aparentemente, inatingível.

Às vezes, pode parecer frustrante concluir isso, mas na verdade, tomar consciência sobre o verdadeiro amor é muito empoderador.

Quando você aceita o fato de que a única pessoa que você pode ter um controle verdadeiro em um relacionamento é você mesmo, você entende o poder que você tem.

Você é responsável pela dinâmica do amor, não o outro. Está nas suas mãos o poder de escolher se você vai se conectar a uma dinâmica autodestrutiva e abusiva, ou vai se comportar de maneira amorosa e atender as suas próprias necessidades.

Está nas suas mãos escolher se você vai despertar sentimentos de amor, compaixão, afeto, respeito e bondade ou vai aceitar ser usado, maltratado e humilhado.

Um amor de verdade é aquele que nos torna melhores, que nos faz sentir bem e realizado em nossa própria pele. E isso quem faz somos nós, não os outros. Através das nossas escolhas diárias. Se você está sofrendo, tenha certeza, não é amor.

Você precisa virar essa chave em sua vida e encerrar esses ciclos de sofrimento em seus relacionamentos. Me chame no direct @rhamuche, eu posso te ajudar a viver um amor de verdade.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.