Para sermos felizes de verdade, precisamos aprender a viver em paz uns com os outros.

para-sermos-felizes-de-verdade-precisamos-aprender-a-viver-em-paz-uns-com-os-outros

Para sermos felizes de verdade, precisamos aprender a viver em paz uns com os outros.

Cuidado com os pensamentos que você alimenta, eles se transformam em palavras que revelam seus verdadeiros sentimentos.

As palavras, por sua vez, se transformam em ações, que revelam as suas verdadeiras intenções! E suas ações, repetidas, se transformam em hábitos!

Como nos ensinou Mahatma Gandhi, “nossos hábitos determinam o nosso destino!”.

Emmanuel diz que “o mundo inteiro é um belo pensamento!”, e tudo me leva a crer que a nossa realidade pode ser modificada a partir dele!

Por isso, alimente apenas pensamentos edificantes, e purifique todo o resto que surgir em sua mente com boas doses de amor.

“Aprendi através da experiência amarga a suprema lição: controlar minha ira e torná-la como o calor que é convertido em energia. Nossa ira controlada pode ser convertida numa força capaz de mover o mundo.” – Mahatma Gandhi

Certa vez, ouvi de alguém sério e respeitado, que segue com muito amor a guiança da espiritualidade que, ao desencarnar, Gandhi foi recebido por Jesus com muita alegria!

Segundo ele, a primeira pergunta que Jesus fez a Gandhi foi: Sendo merecedor, onde gostaria de gozar a felicidade eterna?”.

Regozijado com a presença de Jesus, Gandhi respondeu:

“Eu quero ser o mentor de Adolf Hitler pois, auxiliando o meu irmão em sofrimento poderei ser mais útil para a humanidade do que sendo feliz sozinho para todo sempre!”.

☀️

Entre tantas maravilhosas lições que nos deixou, Gandhi nos ensinou que, para sermos felizes de verdade, precisamos aprender a viver em paz uns com os outros.

Mas como ter paz sem nos mover para auxiliar aqueles que ainda fazem guerra?

É preciso que os ensinemos a transformarem suas atitudes através do amor!

Humilhar, escravizar, apedrejar em praça pública, queimar na fogueira, ou torturar e prender, tudo o que façamos de ruim para nos vingar, estaremos apenas nutrindo no outro um sentimento de revolta ainda mais forte, e a raiva descontrolada o fará planejar uma guerra ainda maior e a lançar em nossa direção!

Gandhi não me surpreendeu com essa atitude de amor, por quem, “aparentemente”, não merece!

Tenho tão certo que ele vai conseguir que o ajudo sempre com orações e vibrações para aqueles que me fazem mal, e para todos que fazem mal a humanidade!

Sei que o trabalho é extremamente difícil e cansativo, mas sei que Gandhi tá conseguindo êxito com a alma de Hitler, através da vibração amorosa de cura e transmutação!

Não adiantará eliminar aquele que faz guerra, ele continuará sua tarefa no outro plano.

Precisamos ajudar uns aos outros a curar as feridas que nos fizeram ser assim como somos!

Portanto…

Sejamos aquele que vibra amor mesmo diante do mais perverso inquisidor!

Acredite: A nossa vibração amorosa é capaz de purificar os pensamentos de um outro ser humano em relação a nós, basta enviar amor a ele e buscar a paz dentro de si!

Devemos, ao invés de revidar e retrucar o mal feito, entender a limitação do outro, e vibrar amor a essa pessoa que nos faz mal!

Esse exercício nos exigirá muita energia, mas nos trará também a tão desejada paz de espírito!

Gandhi tentou parar Hitler em vida, escreveu, segundo sabemos, ao menos duas cartas para ele, um trecho de uma delas dizia: “Encontramos na não violência uma força que, se organizada, pode sem dúvida se equiparar a uma combinação de todas as forças mais violentas do mundo. Na técnica não violenta, como eu disse, não existe derrota. É tudo ‘fazer ou morrer’ sem matar ou ferir. Pode ser usado praticamente sem dinheiro e obviamente sem a ajuda da ciência da destruição que você trouxe a tal perfeição. É uma maravilha para mim que você não veja que não é monopólio de ninguém. Se não os britânicos, alguma outra potência certamente aperfeiçoará seu método e o derrotará com sua própria arma. Você não está deixando nenhum legado para seu povo do qual eles se orgulhariam. Eles não podem se orgulhar de uma narrativa de atos cruéis, por mais habilmente planejados que sejam. Eu, portanto, apelo a você em nome da humanidade para parar a guerra.”.

Acredito no poder superior da não-violência, e acredito, sobretudo, no poder do amor de Gandhi, aliado a Jesus para dissolver o ódio nos corações humanos.

Oremos em uma só voz: O amor sempre vencerá!

🤍

*Se você sente que está precisando dar um direcionamento a sua vida, superar a raiva e instalar o perdão, me chame aqui no direct @escritoraiarafonseca e agende uma consulta de Tarot Terapêutico!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca. Jornalista, escritora e taróloga.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.