O medo da morte é um desperdício de vida!

Quando você teme a morte, o que acontece com você? Você sabe? Você consegue perceber o que realmente acontece?

Geralmente, quando você tem medo da morte, você tem medo de quase tudo, você tem medo de ousar, de se jogar no desconhecido… Epa… chegamos a um ponto importante, quem tem medo da morte, não tem medo de não viver apenas, porque se esse fosse o seu medo, ela não desperdiçaria nem um minuto da vida negando o inevitável. O medo real é do desconhecido, não da morte.

Você começa a temer o que pode acontecer com você depois da morte e dependendo da sua crença religiosa, a possibilidade de morrer pode causar uma enorme devastação emocional em você.

Se esse é o seu caso, ou se você conhece alguém que convive com esse medo e acaba perdendo ótimas oportunidades de viver, continue lendo e compartilhe com aqueles que você acredita que precisam ler essa mensagem.

Imagine uma pessoa que passou o ano inteiro trabalhando e desejando tirar férias para poder descansar na praia por uns dias, mas quando ela, finalmente, chega na praia, ela começa a sentir uma forte ansiedade e é acometida por uma crise de pânico terrível que a faz perder todos os dias de praia, com medo de tudo e com uma sensação de “quase morte”.

Inconscientemente, a pessoa não sabe por que isso acontece com ela, mas o motivo é bem mais simples do que parece: Ela vive uma ilusão a respeito do que é a morte, NÃO SABE AO CERTO QUAL É O SENTIDO DA VIDA, acredita em fantasias condicionadas por crenças irreais e, vive a sua vida para agradar os outros, mais do que a si mesma.

Para que isso pare de acontecer, primeiro, a pessoa precisa aprender a aceitar a sua própria realidade e parar de julgar os outros, as situações e a si mesma.

Depois, ela precisa buscar conhecer a verdade, visto que sem a verdade, ela cria ilusões que invalidam a própria vida.

PENSE COMIGO: É incoerente você temer a morte, mas não viver a vida que realmente vale a pena ser vivida porque, constantemente, você está em pânico, não acha?

Melhor seria você encarar a verdade a respeito da vida, ACEITAR e se entregar ao fluxo natural da sua própria natureza humana. Lutar contra a sua natureza é o que te coloca em pânico.

O pânico é criação da mente que nega a verdade.

Posto isso, fica mais fácil encontrar a cura. Basta parar de negar a verdade.

O que de fato é a morte?

A Morte é apenas uma representação simbólica de renascimento! Quando a gente morre, a gente renasce em um novo estado de consciência.

Nós nascemos e em poucos anos já temos consciencia de que um dia iremos morrer. Foi nos concedido conhecer essa verdade, para que possamos viver de verdade, mas a falta de compreenssão sobre o sentido da vida, faz com que muitas pessoas escolham viver uma mentira e, é justamente essa escolha que as faz caminhar pela vida de forma iludida e fantasiosa.

A iminencia da morte faz parte da vida para que vivenciemos a lição que está por trás da finitude.

A vida nos ensina com a morte que, para algo novo nascer, algo precisa morrer dentro de nós.

Quem aprende essa lição, entende a importância de encerrar ciclos.

A natureza é repleta de ciclos, a lua, os planetas, os animais e todos nós vivemos de ciclos. Fases que chegam e fases que precisam ser ressignificadas!

Quem vence o medo da morte, vence o seu senso de autoimportância porque sabe que o corpo é um maravilhoso veículo, mas o condutor é a alma!

A alma é eterna e ela traz mensagens sobre a verdade através do coração! O medo da morte corta esse fio de comunicação entre o coração e a mente.

A mente imagina, mas o coração se cala e o medo se instala!

A mente não sabe o caminho de volta pra casa, mas o coração sabe, ele já esteve lá muitas vezes!

Para aprender a lição que está por trás da morte é preciso abrir o coração e silenciar a mente com doses de acolhimento e esclarecimento espiritual!

Buscar o coração deve ser uma prática diária para que esse fio se conecte e ilumine todos os pensamentos que nos fazem imaginar a treva diante do apego do ego.

Treva não há, tudo é a mente trabalhando através dos sentimentos e pensamentos que alimentamos e nos identificamos!

Como superar o medo da morte

O segredo é parar de se identificar com a imagem que criamos e começar a sentir a verdade que vem da alma. Ela sabe que é eterna! Ela conhece o caminho do coração!

1- Converse com ela, vibre no ritmo da vida, celebre a conexão que é possível!

2 – Seja seu melhor amigo!

3 – Abra os ouvidos para ouvir, porque só quando você silencia a mente e escuta o coração, você consegue acessar a verdade, portanto, esteja desperto também para identificar e absorver a sabedoria que esse caminho entre a mente e o coração irá te contar.

4 – Aceite, confie e ame essa experiência sagrada que é a vida!

5 – Não perca tempo precioso se identificando com o medo! Converse com ele e diga a ele que você está seguro, mesmo não se sentindo assim. Não evite sentir, sinta, entre em contato com ele para quebrar todas as suas objeções.

6 – Aprecie a vida com o poder da autorresponsabilidade e foque na luz que há em você!

Quer vencer o medo da morte? Então tire as máscaras sociais que você insiste em usar pensando que está se protegendo do mundo, quando na verdade, você está mentindo para si mesmo! Simplesmente seja! Deixe pra lá essa vontade de ter, seja, porque o ter virá abundantemente ao seu encontro quando você começar a ser você mesmo e aceitar que o tempo por aqui é limitado, mas a lição por trás da morte tem sua beleza.

Esses passos são poderosos e te colocam em um outro nível de entendimento a respeito do medo, não perca mais tempo valioso da vida temendo a morte, ela não é assustadora, ela é uma necessidade da alma, para que, durante a vida, você se interesse em buscar conhecer, a verdade a respeito de si mesmo.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e Taróloga. Para agendar uma SESSÃO DE AUTOEXPANSÃO com a Iara, mande um direct para @escritoraiarafonseca

Foto por engin akyurt no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .