O divorcio não é tragédia, pior é morrer aos poucos em uma relação infeliz

Robson Hamuche
o-divorcio-nao-e-tragedia-pior-e-morrer-aos-poucos-em-uma-relacao-infeliz

É POSSÍVEL RESGATAR UMA RELAÇÃO INFELIZ?

Por Robson Hamuche – @rhamuche

No mundo em que vivemos, ainda é muito normal encontrar pessoas apegadas ao passado e sem ânimo para mudar a sua vida afetiva.

Com isso, vivem acorrentadas a um relacionamento, com medo de se arrepender ao dar um ponto final, pelo fato de não terem certeza de que vão encontrar alguém melhor no futuro.

Imagine quanto mal as pessoas causam para si próprias quando vivem uma relação infeliz com alto nível de toxidade.

Afinal, se não há amor, amizade e companheirismo, o que mais pode existir entre um casal?

Não seria melhor se houvesse mais desapego de ideias, de medos e de carências para escolhermos o nosso parceiro por toda uma vida?

Se soltar do passado é abrir mão de algo bom que passou. Mas acima de tudo é preciso viver no presente a liberdade de ser feliz, longe de prisões que não trazem mais benefícios do que a paz interior.

Saber que você faz o melhor para ser feliz é ter certeza de que nada pode ocupar o lugar de um amor verdadeiro, puro e cheio de harmonia entre os pares.

Então, por que você ainda teima em se amordaçar e em se fazer mal, ao invés de se abrir para o novo?

Se você tem dúvidas sobre o que se passa com você, se realmente seu relacionamento está por um fio sustentado apenas por valores externos ao amor, pergunte-se:

Existe a possibilidade de você enxergar um futuro melhor entre vocês dois?

Você está nesse relacionamento por amor a si mesmo e ao outro, ou só porque não acha que é capaz de ser amado por uma nova pessoa?

Você acha que faz mais mal a si mesmo mantendo essa relação sem amor do que se estivesse disposto a encarar a realidade?

E o outro, você acha que ele merece ter um relacionamento melhor do que vocês hoje podem se oferecer?

Você sente que está prendendo alguém a você por causa dos seus caprichos?

Se alguma de suas respostas foi positiva, reflita mais sobre o assunto e descubra se vale realmente a pena fechar esse ciclo e iniciar uma nova vida.

A resposta está dentro de você. Caso precise de ajuda, psicoterapia, constelação familiar e acompanhamento de um profissional preparado para ajudar nesse entendimento chame no direct @rhamuche.

Se divorciar não é uma tragédia, pior é morrer lentamente em uma relação infeliz!

*DA REDAÇÃO RH. texto de Robson Hamuche. Foto de Toa Heftiba no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Robson Hamuche
Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.