Muitas vezes, mentiras se tornam verdades por falta de comunicação!

Entre tantos pensamentos que são criados, transformados ou até que ficam escondidos na mente a todo o momento, podemos acreditar que todos eles sejam um reflexo perfeito da realidade. Mas não são. Fantasiamos histórias irreais em nossas cabeças e se não vamos averiguar se elas são verdadeiras, acabamos acreditando.

Se você se identificou, talvez seja hora de rever seus conceitos e entender um pouco mais a fundo como a nossa mente consegue nos levar por caminhos irreais ou até nos deixar estagnados por causa dessas ideias distorcidas.

A verdade é que não, nossa mente não é a melhor fonte de respostas para todo e qualquer assunto.

Nossas ideias sempre terão algum pé na realidade, ou seja, nossas crenças se baseiam em alguma evidência, mas a parte difícil é separar o joio do trigo.

Algumas experiências, decepções, fracassos, situações que nos marcaram negativamente podem nos sensibilizar de tal forma, que guardamos uma crença a respeito daquele fato.

Se você teve um insucesso nos estudos, essa experiência, que poderia ser superada com apoio, por exemplo, acaba virando uma crença de que você é inapto e limitado.

E o desenvolvimento dessa crença, que pode ocorrer em qualquer âmbito das nossas vidas, dependendo da forma como manejamos essas situações, pode se enraizar em nossa mente.

Cada pessoa interpreta evidências, que podem ser influenciadas por inúmeros fatores. Portanto, diante de um indício de baixa qualidade e sem muito fundamento, conclui-se algo errôneo sobre diversas situações, desenvolvendo assim suas crenças não-saudáveis.

Todo mundo se enxerga de forma um pouco distorcida.

O primeiro passo para perceber isso e fazer uma avaliação adequada de si mesmo e da realidade ao seu redor é desconfiar de que você pode estar enganado.

Busque uma avaliação mais realista.

Há quem diga que não existe realidade, mas que existem apenas versões, opiniões. A primeira dica é desconfiar que você pode estar mentindo para si mesmo.

Uma vez que você identificou uma crença sua que não condiz com a realidade e que está te prejudicando, é hora de tentar mudar isso.

Uma forma de fazer isso é escrevendo o que você pensa. Esse movimento ajuda a abrir a sua mente e te faz enxergar os fatos sob uma nova perspectiva.

Escrever o que pensa ser verdade e buscar elementos para entender se é real te leva a uma nova perspectiva. Essa mudança ajuda a reforçar a conclusão que você teve e assimilar essa nova crença que está desenvolvendo.

Converse, pergunte, se expresse! Não fique imaginando as coisas, tire a limpo! A falta de comunicação nos leva a imaginar inverdades.

Investigue-se e tire a limpo! Esse movimento é libertador.

Como anda a sua comunicação? Se sente que não, me chame no direct @rhamuche que eu posso te ajudar. Foto de Åaker no Unsplash.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.