Estar com a autoestima em dia não depende de beleza, e sim, de virtudes! Uma pessoa com a autoestima em dia sempre alimenta as suas paixões, fortalece os seus relacionamentos e escuta a sua voz interior.

Ela alimenta suas paixões quando sente que precisa ganhar mais autoconfiança para fazer boas escolhas e tomar decisões. Se ela se sente insegura porque teve pais muito superprotetores, para aliviar o controle que eles têm sobre ela, ela alimenta suas paixões.

Se ela sente que não gosta do trabalho que desenvolve, ela alimenta suas paixões;

Se ela percebe que está deixando passar boas oportunidades para não decepcionar outras pessoas que fazem parte da sua vida e por ter dúvidas a respeito de si mesma, ela alimenta suas paixões.

Se ela percebe que está pensando mais nos outros do que nela mesma, ela alimenta suas paixões. Se ela entende que está tentando agradar a todos com medo da rejeição, ela para tudo, e começa a alimentar as suas paixões.

Essas paixões são as virtudes que cultivamos em nosso interior, essas virtudes não permitem que nos rebaixemos ou nos excluamos, elas nos levam a estabelecer um auto-acolhimento mesmo e principalmente, quando ninguém nos apoia. Elas englobam 5 ações: autoamor, autoaceitação, autoconfiança, autovalorização e autorrespeito.

Quando fazemos dos outros a nossa prioridade e esquecemos de nós mesmos precisamos entender que esse, foi um comportamento aprendido, e que pode, perfeitamente, ser ressignificado e transformado.

Mas para isso acontecer, precisamos admitir para nós mesmos que recebemos essas lições quando crianças, que não devíamos desagradar, que tínhamos que deixar os avós, tios, primos, pais, e qualquer visita, muito satisfeitos.

Precisamos entender que assim foi a nossa criação, mas que não devemos levar esse comportamento para a vida adulta, caso contrário, nos perderemos de nós mesmos. Prestar atenção em nós mesmos antes dos outros era considerado egoísmo e errado.

Mas a medida que amadurecemos, percebemos que se nós não estivermos saudáveis, equilibrados e completos, não teremos qualquer utilidade para os outros. Portanto, nos colocar em primeiro lugar, e os outros em seguida, é uma escolha muito mais saudável em todos os sentidos.

Se você se sente inseguro porque seus pais são superprotetores, ou porque não recebeu amor e atenção na infância, tenha certeza, que seus pais não são culpados, isso porque eles devem ter recebido o mesmo tipo de educação quando eram crianças. É claro que as situações podem ter sido diferentes, os tempos eram diferentes, etc., mas isso que eles te ensinaram também foi um comportamento aprendido por eles, transmitido por gerações. Você não deve tentar mudá-los, mas sim, pode encerrar o ciclo de repetições da sua família. (Precisa encerrar ciclos? – Chame no direct @rhamuche).

Ainda são poucas as pessoas que entendem e utilizam o poder dos cristais em suas vidas, eu os utilizo há muitos anos, e tenho tido resultados muito positivos.

Você sabia que muitos cristais podem nos ajudar no fortalecimento pessoal, na autoestima, no valor próprio, na autoconfiança …?

A Pedra do Sol é a minha escolha número um para quem precisa fortalecer a autoestima. É uma ótima peça para quem deseja coragem e confiança, especialmente em entrevistas de emprego, ao lidar com os pais, chefes etc.

A Pedra-do-Sol traz luz para todas as situações, e carregar uma peça com você pode ajudar a revelar o seu poder pessoal. Ela é ótima para quem deseja “brilhar” e atrair boa sorte. A Pedra do Sol tem uma energia brilhante e alegre que aumenta a vitalidade e ilumina aquele humor sombrio.

A Pedra do Sol também ajuda a fortalecer aqueles que se sentem perseguidos ou abandonados pelos outros, incutindo confiança e otimismo e incentivando a motivação e ação positiva.

A Pedra do Sol também é útil para remover energias negativas drenando-as e as purificando quando essas energias estão em outras pessoas que se aproximam de você. Isso acontece quando estamos bem, e depois de encontrar com uma pessoa nos sentimos pesados, tristes, sugados, desmotivados e desanimados, mas se estamos com uma pedra do sol, simplesmente não absorvemos essa energia.

Outro cristal poderoso para despertar o amor-próprio é o Quartzo Rosa, sempre tenho um comigo, porque ele exala amor – amor divino incondicional, sem julgamentos.

O quartzo rosa nos permite aceitar a nós mesmos e os outros como eles são e isso já é uma “senhora” ajuda, porque quando aceitamos tudo fica mais fácil, quando paramos de querer mudar os outros e a nós mesmos a força, tudo fica mais tranquilo e harmonioso.

Por exemplo, se você tem problema com os seus pais, o Quartzo Rosa irá ajudá-lo a simplesmente amá-los como são. Também o ajudará a acessar o ser divino que você é. Ele o ajudará a encontrar maneiras de colocar limites amorosos na relação de vocês o que será de grande ajuda se seus pais são controladores e/ou invasivos.

Isso também vale para todos os seus relacionamentos, quando estamos de posse do quartzo rosa nos tornamos mais amáveis e os outros nos retribuem com mais amor. Diante dessa atmosfera amorosa nossa autoestima se eleva e nos sentimos capazes de realizar todas as coisas porque as fazemos com amor.

Como repeti no início do artigo, a pessoa com a autoestima em dia sempre alimentará as suas paixões, e é isso que o quartzo rosa faz, ele nos ajuda a olhar para o amor e para a solução e não para a dor ou para a dificuldade.

Outros cristais que você pode usar ou ter por perto são a ágata de fogo, o citrino,ou lápis-lazúli.

O importante é lembrar continuamente quais são as suas paixões na vida e ter a certeza de que a sua vida só é possível por conta da força da natureza que há em tudo, e que está aí pulsando em você. Você integra a Fonte Divina que você pode chamar de Deus, Deusa, Espírito, Mãe Terra … como quer que você escolha chamar esse “Tudo”, entenda que você é perfeito e completo e que está aqui para cumprir um propósito único e individual.

Encontre sua paixão, alimente seus relacionamentos e ouça sua voz interior. Acredite que a vida tem seu fluxo e que vai desenrolar do jeito que tem que ser, confie e solte a preocupação!

Basta dar um passo de cada vez, todos nós estamos no mesmo processo, uns mais adiantados do que outros, mas no mesmo processo. Você não está sozinho! É tudo sobre aprender a crescer, trabalhar e não desistir.

Crescer dói, mas pode ser mais leve, mais divertido, com mais amor e cuidado, é apenas uma questão de escolher no que focar.

Se você sente dificuldade em gostar de si mesma, se a maneira como você pensa, sente e se comporta impacta o seu relacionamento com os outros e o seu relacionamento consigo mesma.

Se você não se sente confiante com a sua aparência, inteligência, personalidade e habilidades e se preocupa demais com o que as outras pessoas pensam de você, esse comportamento demonstra falta de respeito próprio e que você não acredita que merece o respeito dos outros. Isso tudo foi aprendido e agora você precisa ressignificar e aprender a se comportar de outra maneira.

Quer aprender? Me chame no direct @rhamuche, eu te ensino!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.