Ele (a) me deixou, vou morrer!

Vivi Reis

Corações dilacerados por amor… quem nunca?!

Calma, nem tudo está perdido! Vamos por partes….

Quando há um término doloroso, nossa energia cai, vem a tristeza e parece que nunca mais vai embora, achamos que não vamos amar novamente, que aquele foi o melhor relacionamento, e que aquela pessoa era a pessoa certa…

Para começar, fomos criados para crescer, estudar, bater ponto, casar, ter família, ser do lar, do trabalho, ser perfeita!! E quando algum desses itens não está ticado na lista, vem o peso da pressão social… então calma…. não é bem assim. Devemos primeiro nos desprender dos padrões sociais… você deve ser o seu padrão!

Não interessa se está com “ idade pra casar”, esqueça essa pressão. Se houve um término, provavelmente algo dentro de você acusava que havia algo errado ali, apesar das coisas maravilhosas! E assim aconteceu comigo.

Recusei dois pedidos de noivado do meu ex! Mas eu o amava tanto, o que fiz de errado? Pois é, alguma parte de mim, por mais que o amasse, sabia que não superaríamos algumas diferenças, e que em algum tempo estaria sufocada e um dia iria explodir em algo, então nem cheguei a casar, porque sei que depois seria pior. Mas vivi um misto sofrido de sentimentos, achando que ele era o único homem pra mim, que jamais amaria outro e que talvez nem casar irei… estando feliz e infeliz ao mesmo tempo durante a relação !!! Mas um dia disse, para tudo! Se sei que não vai dar certo, por mais que vá doer em nós dois, o melhor é nos libertarmos, antes que fique maior, que venham filhos e assinaturas…. e assim foi… E ele foi a pessoa certa, naquela época, naquele tempo de relação, com muito amor e diversão, mas muitas brigas de desavenças que não cessariam…. mas vamos a parte da tristeza imensa, que é a pauta deste artigo…

Os términos são como baldes de ácido jorrados no coração, dói desprender, desacostumar, dói se a pessoa “está feliz” rapidamente com outra, dói nossa auto-tortura de acabarmos com nossa autoestima… dói o fato de parecer que a dor não vai passar… mas passa… as vezes demora mas passa! E tem as etapas, e os meio de ajudarmos essas etapas!

Primeiro amigas e amigos, enfrentem essa dor, abrace, não fujam, vivenciem este luto desta relação, chorem, põe pra fora, veja fotos, lembre dos momentos, viva futuros planejados frustrados, e abrace isso, é um momento preciosos de despedidas! Não se exija sair disso muito rápido, tenha seu tempo… dias semanas! Chame os amigos que tenham paciência de te ouvir, de te dar lenços e abraços! Eles são os melhores presentes em nossas vidas, amigos! Não enfrente isso sozinha (o)! Após, vai sentindo o sol chegando novamente, começa talvez voltar a sorrir, de uma piada boa ali outra aqui, vídeo engraçados, comece a agradecer, agradecer o que passou com esta pessoa, porque te deixou mais forte e mais sábia (o), agradecer porque teve momentos lindos, e os dolorosos que tem sempre algo a ensinar sobre nós mesmos. Apegue-se a distrações, filmes, livros, seriados, para ir ocupando mais a cabeça com outras histórias, e a sua vai ganhando menos opacidade. Comece a se animar para passeios, estar com amigos! O mais importante de tudo, não se exija estar com outra pessoa só para provocar, isso é brutal com nossos corações, mesmo que a pessoa já esteja com outra, tenha seu momento, resguarde-se um período, fique consigo, é tão bom se amar, para depois poder amar o próximo com mais verdade e não por despeito.

Eu aprendi com o tempo, que sim, há outros homens também legais, interessantes, lindos, há vida após o término! E hoje consigo de coração ser grata e desejar que meu ex seja feliz!

Ou seja, não morremos. Vivemos um luto de uma relação, mas não morremos! E vivemos, vivenciaremos muitas novas experiências, viagens, beijos e amores! E no momento certo, hora que o Universo sentir teu coração aberto e liberto, bum! Vem a outra pessoa, e pode ter certeza que será tão gostoso ou melhor que dantes!

Assim pessoas, tudo é fase tudo passa! Com tudo aprendi não devemos nos afastar dos amigos, e não devemos nos acostumar com algo que não te fará feliz… não ter medo de ficar só, ficar só é ótimo! E…. ter sempre em mente, que no mundo, tem muita, mas tem muita gente linda e legal! E que, o amor é lindo, não deixemos de acreditar nele, ele vem na hora certa!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Vivi Reis
Cabeça vazia laboratório de viagens !!! Por isso Hippie urbana traz dicas, eventos, diversão, gastronomia, alegria !!! Semana que vem já tem conteúdo novo que estamos preparando... mal posso esperar para você sorrir conosco! Por hora, já pode dar uma entradinha, assuntar e curtir nossa página !! Ah, se você compartilhar.... a gente te emana coisa boa daqui! srsrs Não dói nada, juro!!! Gratidão por embarcarem nesta nova fase comigo!!!