É sobre ser leve, ser do bem, leal, verdadeiro e focar no que importa!

Seja gentil mesmo quando estiver cansado.

Seja compreensivo mesmo quando sentir raiva.

Se controlar na hora da raiva pode te economizar anos de arrependimento.

Faça mais do que somente sua obrigação. E nunca faça nada esperando algo em troca. Coloca na conta da vida, porque o acerto final será justo.

Respeite a todos, inclusive aqueles que você acha que não merecem seu respeito, afinal, isso nada tem a ver com o caráter deles, mas sim com o seu. Cada um oferece o que transborda o coração.

Sempre que falo sobre dar nosso melhor sempre, algumas pessoas questionam e dizem que na teoria tudo é fácil, mas que praticar isso é quase impossível.

Ninguém dá o que não tem, ou nunca teve. Leve isso em consideração, quando tem que lidar com pessoas “difíceis”.

Alguém que só conhece desrespeito, agressões, preconceito, desvalorização e desamor, vai tirar de onde os sentimentos bons?

Aí alguns rebatem: “Todos tem conflitos, e isso não é problema meu”. E tudo bem pensar assim, temos todos o livre arbítrio, e a escolha de não se importar. Mas se você, assim como eu, é do time daqueles que se importam, e que já sentiram na pele a dor do descaso, saiba que você, eu, nós, podemos fazer a diferença.

Imagina se essas pessoas que não tem nada de bom para dar, passarem a receber amor, respeito e compaixão, será que em determinado momento, elas não sentirão a vontade de passar isso adiante?

Será que não é possível criar uma reação em cadeia de coisas boas, de sentimentos bons?

Não sei, mas prefiro continuar sonhando e acreditando que sim!

Digo e repito, é sobre quem somos, sobre nosso caráter e não o dos outros.

Então, se puder dar seu melhor, não hesite.

Se tiver a oportunidade de ser melhor, não a desperdice.

O mundo anda frio demais e todos precisamos de um pouquinho mais de esforço e vontade para deixar ele mais quentinho de amor, de respeito e de compaixão!

Se puder e quiser, faça sua parte. A vida te agradecerá porque o que realmente muda o jogo é a forma como você a encara, a enfrenta, ama e se diverte. É sobre ser leve, ser do bem, leal, verdadeiro e focar no que importa!

Se você já percebeu que não está conseguindo oferecer o seu melhor, saiba que não é vergonha pedir ajuda. Me chame no direct @rhamuche, eu posso te ajudar!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.