É no silêncio que a sabedoria aparece em nosso pensamento!

Nós vivemos em um mundo barulhento, onde os ruídos nos dispersam e nos distanciam de nós mesmos. Onde os extremos se degladiam e as opiniões se sobrepoem uma sobre as outras. Onde o senso de autoimportancia distoce a verdade a respeito de si mesmo e leva a pessoa a desprezar a sua própria realidade.

Muitos chegam a desmerecer e até a temer o poder do silêncio. Passar uma hora por dia em sillêncio pode te ajudar a manter os pés no chão, a ficar focado e, o mais importante, a permanecer esperançoso quando sua mente quer se prender as ilusões do mundo.

O silêncio tem o poder de te reconectar com o seu propósito de vida, com a intenção genuina da sua alma, com a vontade de fazer a diferença… Ele te força a encontrar outras maneiras de se comunicar e te leva a organizar o seu processo de pensamento.

Quando silenciamos acessamos o poder de canalizar as nossas energias e as equilibrar em conexão com o nosso coração. O contrário acontece quando falamos demais e nos vivemos nossos dias, mergulhados no barulho que a nossa mente cria. Nós passamos a nos sentir em desequilibrio e nossos pensamentos começam a criar realidades paralelas que causam medo, dúvidas, desconfianças e separação.

O silêncio, por sua vez, tras a possibilidade de união de todos os nossos corpos, físico, emocional, mental e espiritual, porque ele nos permite sentir com profundidade tudo aquilo que estamos alimentando inconscientemente e nos identificando.

Ele nos trás clareza para enfrentar os desafios e as incertezas com calma e tranquilidade. Ele nos mostra que, muitas vezes, a única solução para os problemas está em ouvir o nosso mestre interior. Aquela voz que vem de dentro, que está conectada com a fonte amorosa da criação.

O silêncio nos leva de encontro a inspiração e é extremamente importante, escrever os nossos objetivos com a intenção de trazer soluções, quando nos colocamos nesse processo de silenciar, isso se queremos respostas e, principalmente, se desejamos compreender as lições que as situações da vida querem nos ensinar.

Se você não consegue silenciar, você até chega a adquirir algum conhecimento, pode até se tornar mestre dos outros, mas nunca será mestre de si mesmo.

Para atingir um estado de sabedoria e de autorealização, você precisará entrar em contato com o seu silêncio todos os dias, caso contrário, o conhecimento posto em prática, não trará a você as respostas esperadas, apenas te projetará como um especialista.

Mas se você aprender a silenciar, você mesmo perceberá que não há nada de especial em ser um especialista, qualquer um, com um pouco de estudo e dedicação poderá se tornar um perito em algo, porém, o que te diferenciará de todos os outros seres humanos na Terra, sempre será a sua sabedoria interior. É ela quem vai te levar a realizar grandes coisas. É ela quem vai te guiar para caminhos mais bonitos e felizes!

Caso você ainda não consiga se beneficiar do silêncio, me chame no direct @rhamuche, eu posso te ajudar a acessar a sua sabedoria interior. E quando você fizer esse movimento, você vai entender que o seu valor não está nas coisas que você faz ou tem, mas sim, na pessoa que você é.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.