Como você lida com o outro? 7 dicas para se relacionar melhor com as pessoas

José Roberto Marques, o Zé.
como-voce-lida-com-o-outro-7-dicas-para-se-relacionar-melhor-com-as-pessoas

Como você lida com o outro? 7 dicas para se relacionar melhor com as pessoas.

A maior dificuldade do ser humano, desde o início da sua história na Terra, jamais foi lidar com um conhecimento, ferramenta ou objeto; mas simplesmente lidar com outro ser humano.

Cada pessoa é um universo complexo e infinito. É por isso que é tão complicado conviver com os nossos semelhantes. Ao mesmo tempo, é o convívio com o outro que nos ajuda a ser mais felizes e a atingir os nossos objetivos.

Você já tentou imaginar como seria a sua vida se só existisse você na face da Terra? Certamente seria algo muito trabalhoso, difícil e triste, não é mesmo?

Portanto, já que estamos juntos e aos bilhões, é importante que saibamos lidar melhor com o outro e fazer dos nossos relacionamentos chaves que nos conectem ao sucesso.

Por isso, saber relacionar-se com o outro é uma das “7 chaves para desbloquear o melhor ano da sua vida”, formação desenvolvida por José Roberto Marques, fundador do Instituto Brasileiro de Coaching — IBC.

Se você deseja se relacionar melhor com as pessoas, aqui estão 7 dicas — um aquecimento para o que você vai ver no programa.

1. Entenda que as diferenças são positivas

Se você estivesse no mundo sozinho, a vida seria bem chata. Mas e se todas as pessoas do mundo fossem iguais a você? Continuaria bem chata, não é mesmo?

Se todo mundo pensasse e agisse da mesma maneira, fosse fisicamente igual e tivesse os mesmos conhecimentos, a vida seria muito desagradável e difícil.

Assim, o que fortalece a sociedade é exatamente o fato de sermos completamente diferentes. Cada um pode contribuir com o mundo com os seus próprios dons, talentos, conhecimentos, hábitos, atitudes, forças. Se todos tivessem as mesmas riquezas dentro de si, seríamos um grupo muito pobre. Por isso, entenda que as diferenças têm uma razão de existir e elas são benéficas para a vida!

2. Mantenha o respeito sempre

O problema de lidar com as diferenças é que algumas pessoas não as enxergam apenas como diferenças, mas como superioridades e inferioridades.

Quando alguém se julga superior a alguém por alguma característica específica, essa pessoa está colocando entraves a um relacionamento, sem que haja qualquer prova.

Ninguém tem o direito de humilhar, ofender ou desrespeitar ninguém, independentemente das diferenças que existam entre os envolvidos. O respeito e a educação são duas obrigações de todos, tão obvias que talvez nem fosse preciso que estivessem neste artigo. Ainda assim, não custa reforçar, né?

3. Desenvolva a empatia

A empatia é a capacidade que um indivíduo tem de colocar-se no lugar do outro — não ao pé da letra (o que seria impossível), mas tentando imaginar como se sentiria se estivesse vivendo a situação da outra pessoa. Esse exercício nos traz dois grandes benefícios.

O primeiro deles é que aprendemos que não existem verdades absolutas, pois cada indivíduo tem o seu ponto de vista.

O segundo é que, quando tentamos ver a vida sob a ótica da outra pessoa, agimos no sentido de não machucá-la, já que não gostaríamos que alguém fizesse isso conosco.

Isso nos torna mais humildes, solidários e equilibrados em nossos relacionamentos.

4. Seja emocionalmente inteligente

Por falar em não machucar o outro, é sabido que pessoas que sabem administrar melhor as suas emoções conseguem conduzir relacionamentos com mais serenidade.

É muito diferente do caso daquelas pessoas que se irritam por causa do trânsito pesado, por exemplo, e acabam “despejando” a sua ira sobre outras pessoas que nada têm a ver com a causa do estresse.

É claro que todo mundo tem os seus dias ruins, mas isso não é justificativa para descontarmos as nossas frustrações naqueles que convivem conosco.

Quando estiver vivenciando emoções negativas, respire fundo, medite, chore, faça uma atividade física e liberte essa sensação desagradável de uma maneira que não agrida ninguém.

Isso é ser emocionalmente inteligente!

5. Conheça a si mesmo

O autoconhecimento, ou o conhecimento de si mesmo, é uma ferramenta muito importante para que possamos construir e manter vínculos positivos com as pessoas. Quanto mais uma pessoa conhece a si mesma, mais ela será capaz de defender os seus pontos positivos, mas também de reconhecer os pontos em que precisa melhorar.

Novamente, a humildade é a grande beneficiada desse processo. Pessoas com elevado autoconhecimento ficam mais atentas às suas palavras, gestos e atitudes, identificando o que é bacana e o que não é. Isso dá início a um processo de melhoria constante, em que novas qualidades são desenvolvidas.

Se todas as pessoas do mundo conseguissem mergulhar nesse processo, os relacionamentos interpessoais seriam muito mais tranquilos e produtivos.

Em todo caso, faça a sua parte!

6. Não tire conclusões precipitadas

Ainda dentro do assunto empatia, lembre-se de que as primeiras impressões nem sempre são corretas. Às vezes, conhecemos muito pouco de alguém, mas já elaboramos uma série de preconceitos, imaginando o que essa pessoa sente e pensa e como ela vai agir.

Ainda que essas intuições às vezes se confirmem, precisamos dar oportunidades às pessoas para que mostrem quem realmente são.

O preconceito é, por definição, o ato de julgar uma pessoa de forma isolada, sem a conhecermos de fato. Isso é uma grande injustiça, que prejudica todo e qualquer tipo de relacionamento. Portanto, antes de julgar alguém, verifique se você de fato conhece o objeto da sua crítica.

7. Leve um sorriso no rosto

Por fim, lembre-se de ser alguém simpático.

Sorrir, fazer um elogio, desejar “bom dia” e dizer coisas agradáveis são pequenas atitudes que nos aproximam das pessoas e que deixam a nossa rotina mais leve.

Não seja daqueles indivíduos que estão sempre em humores negativos e reclamando de tudo.

Dias ruins, todos têm, mas não permita que as emoções negativas se tornem o seu jeito natural de ser.

Sorria. Espalhe alegria.

Como se diz popularmente: “Seja um incentivador de pessoas. O mundo já tem críticos demais”.

Coloque essas dicas em prática e melhore o seu relacionamento com as pessoas.

As recomendações acima são apenas um aquecimento do que você vai aprender no programa “7 chaves para desbloquear o melhor ano da sua vida”, de José Roberto Marques, o Zé do IBC.

Será uma formação 100% on-line e gratuita para que você mergulhe numa jornada de autoconhecimento e abra as portas do sucesso em todas as áreas da sua vida.

Participe dessa jornada conosco e conheça as 7 chaves que vão desbloquear você para o sucesso!

O movimento “7 chaves” vai ter início no próximo dia 11 de março, pontualmente às 19h57, horário de Brasília.

Inscreva-se AQUI.

“Essas dicas serão fundamentais para que você tenha sucesso, vão te ajudar a realizar os seus objetivos e ter o melhor ano da sua vida”.

“Foto de Myron Edwards no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




José Roberto Marques, o Zé.
José Roberto Marques, o Zé. Especialista do Comportamento Humano. 👔 CEO & Founder do Instituto Brasileiro de Coaching 📚 Autor Best-Seller - 62 livros publicados 🔥 Criador #DesperteSeuPoder #ACasaDoZéReality #7ChavesParaUmaNovaVida