Como superar as feridas emocionais da infância que ainda doem na vida adulta?

Muitas pessoas carregam feridas que ainda não cicatrizaram e que tiveram origem na infância, na adolescência, ou até mesmo na fase intrauterina. Não é uma regra, mas é impossível negar que carregamos marcas emocionais profundas que se arrastam ao longo dos anos e que se manifestam na vida adulta.

Algumas feridas estão tão abertas que, simplesmente, não conseguimos prosperar em determinadas áreas da vida. As mais frequentes citadas por psicólogos são o medo da rejeição, o medo do abandono, a insegurança, a timidez (que é o medo da humilhação), a desvalia (sentimento de não ser o suficiente), a postura de vítima que se sente injustiçada, entre outros.

Algumas pessoas vão se identificar por uma ou duas dessas feridas, outras sentem que todas elas e mais algumas fazem parte das suas vidas hoje.

Para tratar uma a uma, na maioria dos casos, precisamos sim de acompanhamento profissional, as terapias alternativas ajudam muito, e costumo dizer que terapia é bom até para quem acha que não tem problema algum. Falar o que sente é um ótimo momento de catarse, de expurgo, e principalmente, nos leva a um autoconhecimento genuíno, por isso, faça terapia!

Porém, eu acredito e coloco em prática na minha vida uma tríade que, costumo explicar, para que você possa visualizar melhor, como uma cadeira com 3 pés.

Imagine que você está sentado em uma cadeira e ela tem 3 pés, você se sente muito seguro sentado nela com os 3 pés firmes, mas se um é retirado, você imediatamente perde o equilíbrio, mas rapidamente, se tiver atento, consegue se levantar e evitar a queda. Porém, se retirarmos 2 pés dessa cadeira, provavelmente você vai cair e poderá se machucar.

Os 3 pés da cadeira são o autoconhecimento, a inteligência emocional e a espiritualidade. Sem autoconhecimento é praticamente impossível desenvolver a inteligência emocional, sem inteligência emocional nos perdemos em ilusões a respeito da verdadeira espiritualidade.

Mas se desenvolvemos apenas um pé da cadeira, digamos que escolhemos o autoconhecimento, ainda sim, não bastará para que nos sintamos verdadeiramente seguros, ainda sim, cairemos uma hora porque não basta conhecer quem você é, quais as suas necessidades, isso é muito bom, e extremamente necessário, contudo, você precisará ir além, precisará aprender a lidar com as emoções que chegam a todo momento, caso contrário, você vai cair.

Digamos que você conseguiu aprender as técnicas e acessar as ferramentas certas e agora você está conseguindo manter por mais tempo o equilíbrio, mas ainda não pode sentar totalmente relaxado, porque se você relaxar, você cai, afinal, a cadeira está apenas com 2 pernas. Então você finalmente entende que precisa colocar uma terceira perna para finalmente conseguir sentar confortavelmente sem perigo de cair.

Essa terceira perna é a espiritualidade. Mas enquanto você procurar essa espiritualidade nas religiosidades, será difícil se manter equilibrado por muito tempo, essa perna parecerá meio torta, meio bamba. Sabe por quê? Porque as religiões podem te indicar caminhos, mas elas não são o caminho, elas são apenas algo que lembra um caminho.

A espiritualidade é a verdade que habita em você, é o seu ser autêntico, íntegro, despido das crenças limitantes, entregue e conectado a sua essência, a sua centelha divina.

Por não conseguir acessar a verdade a respeito da espiritualidade, muitas pessoas acabam trabalhando a vida toda a inteligência emocional e o autoconhecimento, e suas vidas são feitas de constantes altos e baixos, e os altos são efêmeros, enquanto os baixos são o completo fundo do poço.

Com a espiritualidade agindo em nós, os altos são constantes e os baixos são esporádicos. Isso acontece porque quando os momentos de baixa nos atingem, sabemos exatamente em qual vibração devemos nos conectar para encontrar a solução, e logo nos aplicamos e nos movemos nessa direção. Enquanto aqueles que estão apenas vivendo as religiosidades, passam a lamentar a sorte e reclamar a Deus a sua infelicidade e aflição.

Devemos orar sim para nos curar das feridas emocionais que nos limitam os passos, porém, devemos orar de uma forma diferente, e é exatamente uma oração que eu trago para você hoje.

Peço que faça essa oração em um momento de silêncio, em um lugar onde você não será interrompido. Eu canalizei essa mensagem e a preparei especialmente para que você consiga abrir o campo de comunicação com a sua verdade, ou seja, com a espiritualidade.

Faça com profunda intenção e com muito amor!

Oração para acolher e curar a nossa criança ferida!

Divino criador, pai, mãe e filho, todos em um, peço com o coração misericordioso e cheio de compaixão para que eu possa acessar nesse momento a minha criança ferida com a proteção da luz que me guia. Nesse instante de fé e esperança, vou dar a ela todo amor que ela precisa.

Com a proteção da divina luz em mim, me coloco agora a serviço do amor, e me abro para receber a cura para a minha criança ferida.

Eu sei que essa cura não é uma mágica, nem um milagre, sei que ela partirá do amor que hoje escolho sentir por mim mesmo.

Por isso, digo agora com profunda intenção e verdade:

Eu escolho sentir amor por mim. Eu escolho me dar todo o amor que eu “sinto” não ter recebido”. Eu escolho me abrir para o amor verdadeiro e decido agradecer a vida que é a maior riqueza que eu possuo”.

Eu te acolho agora em meus braços, minha criança, te embalo com amor e carinho, dou a você o afeto que você precisa, a segurança que você pede, a confiança que te falta.

Essa oração acalma a dor e cicatriza as feridas que ainda permanecem abertas desde a infância. A sua dor é a minha e, hoje, nós vamos permitir que elas cicatrizem.

Veja minha criança, está tudo bem agora, não há motivos para se entristecer assim, tudo está bem, o que aconteceu no passado já passou, não está acontecendo agora, nós duas juntas encerramos esse ciclo de desamor, desvalia e desamparo.

Veja, você pode deixar ir o que nos fez sofrer, você pode perdoar o que ainda não foi perdoado, você pode se perdoar também. Eu estou aqui pra você!

Você não está sozinha! Você nunca mais ficará sozinha! Eu vou te ajudar! Eu estou aqui pra você! Eu sempre estarei aqui pra você!

Eu te liberto e te aceito como você é, eu te vejo, eu te amo, eu te admiro e honro a sua vida!

Não permito mais que você se vitimize, não permito que você se sinta excluída, inferiorizada, malograda!

Você é pura luz, e eu vejo essa luz em você.

Eu vejo a sua luz brilhar e a reconheço em mim agora e para sempre.

Sinta o meu abraço, descanse no meu colo, eu te dou a atenção que você merece agora!

(fique por alguns minutos se abraçando)

Veja como é bom esse amor! Sinta o meu amor! Nós precisamos uma da outra. Juntas, transmutamos toda dor em puro amor. Juntas, somos extremamente fortes.

Juntas, olhamos para os sonhos que temos e nos encorajamos para realizar, um a um, com resiliência.

Juntas e curadas, não dependemos do amor dos outros, esse amor que sentimos agora nos basta, nos cura, nos preenche, e não há mais vazio algum.

Nós somos um com o todo agora! Estamos unidas, nos amamos, nos acolhemos, brincamos e celebramos a nossa vida.

É muito bom ver você assim de novo, cheia de esperanças e com essa pureza no olhar. Sempre estabelecerei esse contato com você. Obrigada por me lembrar o quão doce você é!

Sorria criança! Eu estou aqui pra você! Sempre estarei!

Eu decido a partir de hoje realizar os seus sonhos!

Eu me responsabilizo pela sua vida! Eu me comprometo em fazer a sua vida ganhar um novo sentido.

Eu tomo agora a sua alegria, o seu entusiasmo, a sua esperança e inocência. Não mais como uma criança, mas sim, como o adulto que sou hoje.

Eu tomo as suas qualidades e os seus talentos em mim agora, eu escolho recordar apenas as lembranças positivas, as memórias de amor, e as ancoro em meu coração para sempre.

Corra criança, vá ser feliz!

Veja como a vida é bela, como tudo se encaixa perfeitamente nos ciclos da vida!

Quanta abundância, quanta perfeição, quanta harmonia!

Receba o meu amor, eu tenho muito amor aqui para compartilhar com você.

Imagine que a nossa história está começando agora! Não temos mais tempo a perder com reclamações, ressentimentos e sofrimento, há muito a se fazer e, nós, estamos prontas para abandonar toda dor agora.

Eu te acolho em mim, eu te sinto, eu te curo!

Leia Também: Vencedor é aquele que não se vitimiza diante das maiores dificuldades!

Eu sinto as batidas do seu coração se intensificando, e se enchendo de coragem, daquele jeitinho esperto e atrevido que você sempre foi.

Eu me comprometo com você agora, nós vamos juntas fazer o que é preciso ser feito.

De agora em diante, nós estamos livres dessas feridas emocionais e podemos viver a vida da maneira que você sonhou.

Nada mais nos prende!

Sinta, está tudo bem! As feridas estão cicatrizadas! Vamos viver a liberdade que nos espera!

Vamos celebrar a nossa vida porque ela nos surpreenderá com mais e mais motivos para que nós possamos agradecer.

Eu agradeço a oportunidade de libertar você e a mim! Eu agradeço a cicatrização dessas feridas!

Eu agradeço esse momento de amor genuíno e de encontro com a minha essência!

Eu estou livre, eu me amo, eu me aceito, eu me acolho, eu faço bem a mim e a você.

Assim é, Assim é, Assim é.

Escreva ESTÁ FEITO nos comentários, e repita essa oração sempre que se sentir vítima, fragilizado, ou decepcionado com as pessoas ou com a vida, ela te trará novo ânimo e te colocará de volta nos trilhos, com resiliência para seguir em frente com mais e mais amor para oferecer a você e ao mundo.

Não permita que as dores do passado te fragilizem e enterrem os seus sonhos! Renasça aqui e agora e se dê uma nova chance! Você pode, você merece!

Não há mais espaço em nós para feridas abertas, está tudo bem, está tudo bem!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo do Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e taróloga. Para agendar uma consulta de Tarô Espiritual, envie um direct para @escritoraiarafonseca.

*Foto de Taksh no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.