Casal adota criança com leucemia abandonada pela família no hospital e após 8 anos ela está curada!

“Ser pai não é um título, é um vínculo que se ganha dia a dia e para o resto de nossas vidas”, disse Gastón Fernández, pai da pequena Bianca, a menina argentina que conseguiu superar a doença e o abandono.

A história dessa garotinha comoveu a Argentina e se tornou conhecida no restante do mundo. É sobre o que a família González Fernández e a pequena Bianca lá de Mendoza, tem a nos ensinar.

Em 17 de agosto de 2021, Daniel Gonzalez Y Gaston Fernandez se uniram em casamento e pouco tempo depois, por acaso, Fernandez, que trabalhava no Hospital Noites, se deparou com a pequena Bianca, uma menina de três anos que estava internada com Leucemia linfoblástica aguda.

Além disso, a menina teve um atraso na maturação, mas o mais grave é que ela estava ali, sozinha, sem a companhia dos pais ou parentes. Eles a haviam abandonado.

Ao saber disso, Gaston não conseguia parar de pensar na criança sozinha, enfrentando uma doença tão difícil.

Segundo Los Andes, Gaston Fernandez afirmou que os médicos o alertavam que após algumas sessões de quimioterapia ela estava estável, mas sozinha.

Como era recém-casado e tinha a ideia de ter filhos com o companheiro – por meio de uma barriga de aluguel fora da Argentina -, ele resolveu levantar o caso com Daniel, que logo quis visitá-la no hospital.

Depois de conhecê-la, os dois decidiram imediatamente pela adoção, em uma ação judicial que, segundo a mídia, Daniel “moveu céus e terra”.

Finalmente, eles conseguiram e depois de alguns meses de espera puderam levar Bianca para casa.

“Jamais esquecerei quando fomos chamados no Registro de Adoção. Aceitamos quase que desesperadamente”, reconheceu Gastón.

família

Essa é uma história de empatia e amor incondicional! Adoção é sobre isso, sobre a nossa capacidade de amar. Se você pensa que amor é algo que fere e machuca, você precisa rever os seus conceitos.

Amor é isso que essa família nos ensina, não importa o gênero, não importa a dificuldade, não importa a forma como foi concebido, amor é um porto seguro que oferecemos ao outro.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações Today

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.