Algumas pessoas não sabem o que significa dizer “EU TE AMO”.

Algumas pessoas dizem cedo demais, outras, simplesmente não conseguem expressar o que sentem… Afinal, o que significa dizer “eu te amo”?

Precisamos parar de banalizar ou subestimar o poder dessa frase.

É inegável o poder de transmitir uma sensação de bem-estar, segurança e de confiança que essa frase tem. Em minhas sessões de Autoexpansão sempre ensino como se deve usar o “eu te amo” para benefício próprio e para o bem de todos. Faço isso, porque, fazer o uso correto dessa frase, com consciência e intenções verdadeiras, transforma positivamente a nossa vida.

Nada que eu ensino é pura teoria, tudo tem base em estudos, mas principalmente, é fruto da prática diária que eu realizo em minha vida.

No entanto, o que eu tenho visto muito são pessoas que estão em estado de profundo sofrimento, alegando que sofrem por amor. Na verdade, as pessoas sofrem por não saberem amar ou por não conhecerem, de fato, o amor.

Quando uma outra pessoa nos diz “eu te amo”, a noss incerteza diante da relação, diminui. A gente entende que o relacionamento está progredindo e que estamos sintonizados na mesma frequência. Porém, quando essa frase é dita muito cedo, ou tarde demais, ela pode causar um efeito diferente.

É possível que a gente passe a duvidar de que, esse amor, seja verdadeiro.

Mas muitos de nós, buscam ouvir essa frase para se autoafirmar, sem atentar para as atitudes incoerentes que vem na sequência do que foi dito. Se as atitudes não confirmam as palavras, a insegurança retorna com mais força.

Geralmente, acontece de usarem essa frase como forma de manipulação ou como uma forma de pressão para obterem benefícios imediatos.

O contrário também acontece, quando vivemos um relacionamento frio e sem afetividade, onde um parceiro não consegue, ou não sabe, expressar os seus sentimentos.

A gente fica confuso e se sente desvalorizado e passamos a acreditar que o outro não está interessado ​​ou disposto a se comprometer.

Se somos nós, quem não consegue expressar o que sente, passamos a ideia de que não pretendemos seguir em frente com aquela união.

Para que o amor seja expresso em palavras com a força que a frase “eu te amo” possui, a gente precisa encontrar um equilíbrio; e escolher os momentos certos de expressar o nosso carinho. Porque a frase “eu te amo”, exige um movimento de afeto antes ou depois de ter sido pronunciada.

Essa máxima vale tanto para quando dizemos “eu te amo” para alguém, quanto, para quando dizemos que amamos a nós mesmos.

Só dizer eu te amo não basta, para que essa frase ganhe vida, é preciso fazer um movimento amoroso antes ou depois de pronunciá-la.

Só assim, elas ganham força para promover a segurança e a confiança que necessitamos. Sem esse movimento, são só palavras jogadas ao vento.

Mas como fazer esse momento?

Se você deseja aprender como amar e como ser amado, agende uma sessão de autoexpansão, clicando no link da bio do @escritoraiarafonseca. Pare de sofrer com a insegurança e aprenda a expressar os seus sentimentos. A vida muda quando a gente aprende a acessar o amor verdadeiro.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e Taróloga. Para agendar uma SESSÃO DE AUTOEXPANSÃO com a Iara, mande um direct para @ESCRITORAIARAFONSECA

Foto: Reprodução

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .