O que posso fazer com essa tal Ansiedade?

Com a vida atribulada dos dias de hoje, o que se destaca nas queixas da maioria das pessoas é a dificuldade de lidar com a Ansiedade.
Ansiedade é tudo aquilo que criamos de expectativas com relação a algo que pode ou não acontecer, ou seja a incerteza, a insegurança que se tem com relação ao futuro para solução de um determinado problema ou pela realização de um desejo muito forte. Estamos falando então de sentimentos alternados entre medo e esperança e que ambos podem ser descritos como ansiedade.

As pessoas ansiosas podem apresentar uma série de sintomas como por exemplo: fadiga, insônia, falta de ar, dores no peito, palpitação, afrontamentos, tensões musculares principalmente na região do pescoço e ombros, dores de cabeça, problemas intestinais, sensação de incapacidade etc.

De acordo com o sintoma a ansiedade pode ser classificada em vários transtornos, mas sempre quando há um grau patológico, ou seja, aquele que causa interferência nas atividades normais da pessoa. Posso citar fatos reais que tive a oportunidade de presenciar como a de um jovem que sempre que iria participar de uma entrevista de emprego não conseguia sair de casa pela disfunção intestinal, ou outro caso de uma paciente que chegou a ser internada várias vezes com dores no peito, e os médicos não encontraram uma razão física para os sintomas. Esses são exemplos típicos de pessoas com transtorno da ansiedade e que precisam de tratamento psicológico e psiquiátrico.
A ansiedade também causa dificuldades de concentração e atenção nas atividades, aumentando a incidência de erros,  problemas de auto-estima onde a pessoa se sente incapaz de realizar determinada tarefa e até para tomar decisões. A ansiedade é resultado do controle que se quer exercer sobre a vida e isso não é uma tarefa fácil, é viver em constante tensão.
Então se deseja ter esse controle sobre a vida experimente canalizar esse controle para cuidar de si mesmo, criando hábitos para aliviar a ansiedade reservando alguns minutos do dia praticando coisas simples como:
  • Exercícios de respiração: inspirar e expirar de maneira cadenciada.
  • Movimentos com a cabeça de um lado para outro para relaxar os músculos do pescoço.
  • Movimentos circulares com os ombros para aliviar as tensões musculares nas costas.
  • Exercícios de alongamento.
  • Exercícios físicos ou simples caminhadas.
  • Conduzir o pensamento para momentos agradáveis  e resgatar a sensação de bem estar.
Faça uma reflexão e identifique  se existe a presença da ansiedade em sua vida e de algum dos sintomas que estejam interferindo nas suas atividades normais. E caso isso esteja acontecendo procure a ajuda de um profissional.
Pratique a arte de reservar um tempo para se agradar, cuide-se, reveja suas crenças, ou seja, perceba se aquilo que você acredita e embasa toda a sua vida está de fato colaborando para sua felicidade ou a está levando para bem longe de você.
Pense nisso!



COMENTÁRIOS