QUE O MELHOR ACONTEÇA, PRA MIM E PRA VOCÊ!

Estava aqui pensando no porquê de não termos tudo o que queremos.

Nós, homo sapiens, diferentemente dos outros ancestrais, já conseguimos andar com a postura totalmente ereta há milhões de anos, temos cérebros altamente desenvolvidos, capazes de conexões mentais incríveis e uma fala perfeitamente articulada.

Nós já fomos à lua (é o que dizem), descobrimos as lâmpadas de led e inventamos as cafeteiras com cápsulas (essa ainda está em análise se foi uma boa invenção) e é claro que, como seres que tomamos à frente de todos os outros coleguinhas da cadeia evolutiva, com toda nossa sapiência e astúcia, sabemos exatamente o que é melhor pra nós. Isso parece mais óbvio que pipoca no cinema, afinal nós quem carregamos os genes poderosos e vitoriosos.

Ora, que maravilha seria então, com o plano todinho em mãos, segui-lo à risca, certo?

Ah, mas essa vida nos prega peças, hã!? Nos mostra que há algo maior, uma inteligência superior, uma sabedoria, uma essência que nos conduz pra tudo e pra todos, exatamente como “tem que ser”.

Sabe, eu sou uma rebelde. Admito. Esse negócio de “tem que ser”, nunca me convenceu direito. Como assim “tem que ser” e deu!? Juro que nunca entendi bem.


Nem tudo está determinado e nós sim, fazemos escolhas, até aí está mais do que entendido. Mas quando algo NÃO depende exclusivamente de nós, é então que entra o mistério da vida. Esse que nos conduz por caminhos que talvez não possamos entender no momento, mas que com o passar dos anos tendem a ficar mais claros.

Um pouco de experiência de vida faz enxergar que no fundo, muitas vezes somos como aquelas crianças que a gente vê no mercado, berrando e querendo todas as guloseimas e embalagens coloridas que veem pela frente e que quando recebem um “não” gritam mais alto ainda.

A diferença entre adultos e crianças talvez seja que elas consigam entender e relevar bem mais rápido que nós, quando somos contrariados.

Tenho aprendido que não devo insistir em algo por pura teimosia e rebeldia. É um pouco difícil sim, mas tenho exercitado a não mais pedir, fervorosamente, para que um relacionamento com tal pessoa ocorra, pra que um emprego específico venha ou qualquer outra determinação do que eu, na minha limitada sabedoria, acho que é certo pra mim. Devo sim me posicionar, mas depois disso pedir simplesmente: “Que o melhor pra mim aconteça”. E olha gente, posso dizer: é milagroso! Libertador

Lembrei de um filme chamado “Todo Poderoso” com Jim Carrey. Ele interpreta um jornalista que sonha em ser âncora do programa de televisão no qual só faz as reportagens externas. Ele deseja tanto aquela promoção que acaba ficando obcecado e as coisas a partir dali só pioram, inclusive no seu relacionamento amoroso. Quando seu chefe anuncia que o âncora não será ele, mas sim um colega de trabalho, ele se desespera e começa a desafiar Deus.


A namorada dele até diz que tudo o que está acontecendo é por alguma razão maior e que ele ainda não consegue entender, mas ele acha isso uma tremenda bobagem e acaba mais e mais focado apenas no problema e não na solução. Angustiado por nada dar certo, sai de casa questionando Deus sobre o que está acontecendo em sua vida e pede um sinal.

Após bater o carro, grita em tom provocador, para que Deus venha encará-lo, que o castigue, e diz que Deus deveria ser despedido, pois Ele é o único que não faz suas tarefas adequadamente.

Diante dessa provocação, Deus (Morgan Freeman) aparece e oferece a ele a oportunidade de ser ele, com todos os seus poderes. É claro, nem preciso dizer que não deu tão certo ser Deus como ele imaginava…

É uma comédia que faz pensar sobre o mistério da vida. Sobre a falsa impressão de sempre estarmos no comando de tudo e sobre como a fé pode nos ajudar a não sermos tão controladores.

Então, se essa força que existe por aí, esse plano maior está “dificultando” (aparentemente) as coisas pra você, tirando pessoas e coisas de seu caminho quem sabe seja a hora de você mudar um pouquinho de perspectiva? Quem sabe seja a hora de exercitar sua crença, sua fé em si mesmo e no todo? Deixa um pouco essa teimosia de lado meu bem, foca na solução.

Novas aventuras estão por vir.

É só você deixar.




COMENTÁRIOS