MAIS QUE MEU AMOR… ELE É MEU AMIGO.

Cris Souza Fontes

Foi quando eu observava um casal de amigos um dia desses qualquer em uma boa conversa numa praça, que cheguei ao tema deste artigo. Ela estava um pouco aborrecida com algo que acontecia, mas não deixava de rir quando ele lhe dizia algo como que para animá-la. Suas mãos, dadas a todo tempo, mesmo que estivessem em um grupo conversando e falando um pouco de tudo.

Mas foi o olhar entre eles, a cumplicidade tão incrível que me fez chegar à conclusão que, além de marido e mulher, eles eram amigos.

Sim, muito amigos! Tão amigos que sempre ela conta com ele e ele com ela. Uma relação madura, bonita e tão estável e confiável que, confesso, foram longos segundos admirando-os.

A vida vai passando, os anos vão se seguindo e muitas vezes, imploramos por aquele amor que nos cala a alma e que nos tire da razão, como sempre mencionei outras vezes por aqui. No entanto, um amor para ser bonito e duradouro, precisa mais que a chama da paixão, a explosão de sentimentos… Precisa de amizade.

Ao contrário desse casal de amigos, já observei outros que mal se olham, que todo o foco está nos filhos e na rotina do dia a dia. Conversam mas não se procuram com o olhar quando estão em meio à outras pessoas, não se mostram cúmplices ou de qualquer forma ligados, porque, você sabe, percebemos de longe quando um casal é verdadeiramente um casal.

Os olhares não se deixam, sempre se procuram.

Um sempre pergunta o outro o que acha de alguma decisão.

Ambos se apoiam e apoiam suas famílias em qualquer momento.

Não brigam, nem discutem. Possuem algumas ideias diferentes e sabem respeitá-las.

As mãos se procuram, assim como suas almas antes de se encontrarem…

Você só saberá se ele é realmente o seu amor, se além de ser o seu amor, ele for seu amigo.

Você só saberá se ele é seu amigo, além de seu amor, se compreender cada pensamento seu apenas com um olhar.

Não desejo somente a mim que eu tenha um amor que seja meu amigo e sim, desejo a todas as pessoas que, por razões diversas, estão no momento com o parceiro que não deveriam estar. Muita gente acelera demais o processo e atropela os acontecimentos e acaba por fazer escolhas precipitadas e depois acaba se arrependendo.

Um amor de verdade é pra vida toda. E pra ser pra vida toda, como será se não forem amigos?

Procure um amor que te complete, que enxugue suas lágrimas e que a compreenda quando precisar. Alguém que te divirta, que te faça sorrir quando o que mais quer é chorar. Alguém que te abrace apertado e que lá você se encaixe, perfeitamente, e todo o medo vá embora…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Cris Souza Fontes
Escritora, blogueira, amante da natureza, animais, boa música, pessoas e boas conversas. Foi morar no interior para vasculhar o seu próprio interior. Gosta de artes, da beleza que há em tudo e de palavras, assim como da forma que são usadas. Escreve por vocação, por amor e por prazer. Publicou de forma independente dois livros: “Do quê é feito o amor?” contos e crônicas e o mais espiritualizado “O Eterno que Há” descrevendo o quão próximos estão a dor e o amor. Atualmente possui um sebo e livraria na cidade onde escolheu viver por não aguentar ficar longe dos livros, assim como é colunista de assuntos comportamentais em prestigiados sites por não controlar sua paixão por escrever e por querer, de alguma forma, estar mais perto das pessoas e de seus dilemas pessoais. Em 2017 lançará seu terceiro livro “Apaixonada aos 40” que promete sacudir a vida das mulheres.

COMENTÁRIOS