A intenção do abusador emocional é transferir tudo que ele sente

Resiliência Humana

Comportamentos para minar as forças de uma pessoa e controlar através do medo, humilhação ou manipulação é abuso emocional.

Todo abusador usa criticas constantes a forma de ser e agir, de suas vítimas, são táticas usadas para fazer que seus alvos se sintam insuficientes e inferior a eles e isso acaba com a autoestima de qualquer pessoa, muitas vezes as agride, mas em alguns casos eles preferem a arte de manipular suas vítimas em vez de agredi-las.


Essas pessoas sentem prazer em controlar e diminuir, seu comportamento revela o quanto ele é imaturo, tem baixa autoestima e autoconfiança em si mesmo, em quase todos os casos o abusador emocional viveu uma relação abusiva quando criança e por isso acham normal o jeito de tratar as pessoas com as quais se relacionam.

O abuso emocional não escolhe raça, status, religião, cultura ou sexo. Nos relacionamentos na maioria dos casos o sexo feminino é que sofre os maiores abusos, mas existem mulheres que são abusadoras e especialistas em controlar, humilhar e manipular seus parceiros.

A prática do abuso emocional esta tomando uma proporção gigantesca e é muito mais frequente que o abuso físico e muito pouco noticiado na mídia, Quase todas as mulheres já passaram por algum tipo de abuso emocional seja com parceiro ou alguém ligado a sua relação de forma íntima.

Quase todas as vítimas de abuso emocional, poderão se tornar abusador e com o agravante em se tornar um abusador físico também. O abuso emocional é um jeito que eles acham de controlar seus parceiros emocionalmente e mentalmente.

As pessoas que sofrem abuso emocional se sentem intimidadas e constantemente tem medo do abusador, com tantos medos as flor da pele geralmente mudam seu comportamento para agradar o agressor. Quando o abusador sente que pode perder o controle sobre sua vítima ele com certeza irá mudar sua estratégia para que ela se sinta culpada por suas ações e assim ele volte a ter o controle sobre a situação.

Muitas crenças fazem com que uma parte da população masculina se sintam poderosos e alguns acham que tem o direito de disciplinar suas esposas ou namoradas com a desculpa que é para o bem da relação e delas próprias.

Todo abusador emocional tem um transtorno de personalidade mais na maioria dos casos isso fica escondido ou disfarçam usando alguns tipos de substâncias para que seu comportamento venha ser justificado. Seja lá o que for que um abusador tenha vivido em sua vida, isso não justifica os meios que eles usam para punir suas vítimas de algo que elas nunca fizeram. Todo tipo de abuso é uma violação contra os direitos humanos de qualquer pessoa.

Toda criança que sofrem abuso verbal por parte de seus pais ou alguém ligado a ela um dia poderá se tornar um abusador emocional, quando essa criança não é tratada com profissionais que as ajude, inevitavelmente não saberá administrar seus sentimentos e percepções e desenvolverão seu próprio ponto de vista a partir de suas experiências e com isso criarão um mundo onde elas repetirão tudo o que foi vivido por elas, fazendo com que pessoas inocentes paguem por sua dor não tratada.

A intenção do abusador emocional é transferir tudo que ele sente como: medo, impotência, mágoa e raiva para suas vítimas, essas atitudes os ajuda a ficar no controle e assim escondem seu próprio sentimento de insegurança. Pessoas que são submetidas ao abuso emocional perdem sua autoestima e passam a não mais confiar em si próprias, ao longo do tempo elas perdem totalmente a direção de suas vidas e passa a serem incapazes de analisar e julgar por si mesma a situação em que vivem. Com a autoestima tão baixa e com sua autoconfiança destruída ela passa a acreditar que merece ser tratada dessa forma.

Os abusadores emocionais são mestres na arte de manipular suas vítimas e tem o poder de fazer com que as pessoas se sintam inúteis e que ninguém as vai querer um dia, suas vítimas fragilizadas por tantos abusos passam a acreditar que ninguém as quer e que ninguém irá as ajudar, elas ficam presam aos seus abusadores por terem perdido a auto-confiança e ficam paralisadas para tomarem uma atitude por si mesmas.

O abuso emocional fere profundamente suas vítimas, deixa feridas que são difíceis de serem administradas pela pessoa, porque são profundas e levam mais tempo para serem tratadas do que o abuso físico. Até porque é muito mais fácil falar o que se passa fora de nós, mas quando o assunto é falar do que você sente internamente, as palavras muitas vezes não são capazes de traduzir tudo o que esta se sentindo.

A grande maioria dos abusadores tem personalidade dupla, são maravilhosos para os que não o conhecem, mas quando entram da porta para dentro somente suas vítimas são capazes de falar quem eles são realmente. Na mente deles seu mundo íntimo é reservado somente para suas vítimas, eu sei que é assustador, mas é a grande realidade que muitas mulheres vivem.

Quando sentem que suas vítimas criaram forças para se rebelar contra seus abusos, eles imediatamente começam a espalhar rumores que elas são desequilibradas, loucas, barraqueiras e por aí vai seu repertório para que sua vítima fique desacreditada das pessoas e eles vistam a máscara de pobre coitados. Essa atitude é uma tática para quebrar as forças da vítima e assim tornar para ela mais difícil a sua saída da relação.

Infelizmente o índice vem crescendo, as pessoas estão fazendo de conta que isso é só uma fase ruim e com isso os abusadores encontram mais espaço para continuar sua violência silenciosa, continuará humilhando, manipulando, intimidando… Continuará transferindo para suas vítimas toda sua dor e com o tempo aumentarão sua violência emocional e um dia farão essas mulheres chegarem ao seu limite máximo que as farão achar um único pensamento para tanto sofrimento e dor : A morte.

Flora Domi

FONTEFlora Dominguez
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS