O QUE ELES PENSAM SOBRE FOTOS EM REDES SOCIAIS

Resiliência Humana

O tema dessa semana será meio polêmico. Resolvi desmitificar se certos estilos de fotos no Facebook e demais redes sociais realmente pegam mal para uma menina. Será que uma simples pose é capaz de causar uma tempestade tão grande na cabeça de um homem? Ou eles nem dão bola para isso, desde que a menina apresente outras qualidades? É o que vamos descobrir agora… O que eles pensam sobre Fotos em Redes Sociais.

Conheça Eles: Gravataí Merengue, Lélu, Pedro Mainardes e Cláudio Tarandach.


BIQUINHO

Gravataí Merengue:
O tema de hoje, como em qualquer semana, requer nossas opiniões acerca de algo e variações. Ok. Mas faço uma ressalva necessária, e não pela primeira vez: O QUE DIZEMOS SÃO NOSSAS OPINIÕES. Não há regra geral para nada, cada um faz o que quer. E reitero hoje esse aviso porque SEMPRE acho muito babaca quem caga regra sobre que tipo de foto os outros podem ou não podem tirar – e, claro, também COMO podem ou não podem sair nas fotos. Cada um faz como quer, como em tudo. Agora, as OPINIÕES: não gosto do biquinho porque acho feio, mesmo. Sim, uma foto ou outra mandando beijo, acontece. Mas tirar TODAS fazendo a tal ~duck face~ é roubada; sobretudo quando é alguma garota com o rosto redondo e acha que isso a emagrecerá. Dica: não funciona. É como o Jô Soares deixar cavanhaque porque ~afina o rosto~…

Lélu:
Block e Report for Spam pra ficar ligada. Esses biquinhos ficam legais se você tem 10 anos e tira fotos com as amigas num passeio do colégio.

Claudio Tarandach:
Inspiração nos patos? Uma vez ou outra até que OK, mas geralmente quem tira, faz sempre o biquinho se achando sexy como a Angelina. Pra essas mulheres, segue uma imagem autoexplicativa.

Pedro Mainardes:
Olá garotas, como estão? Fotos em redes sociais são muito pessoais, e não acho legal cagar regras! Muitas das coisas que vocês colocam são pertinentes a uma brincadeira interna, um momento divertido com os amigos, uma marca da sua personalidade, do seu jeito de ser. Por isso, não vou dizer se gosto ou não de qualquer um desses estilos de fotos. O mais importante é a gente saber que redes sociais são feitas para adicionarmos amigos, e que nossas fotos devem ser escolhidas a dedo para causar boa impressão e mostrar o que queremos que saibam de nós. Não vejo nenhum crime nem nenhuma maldade em foto de biquinho de pato, apesar de achar a maioria deles de gosto duvidoso. Mas reparem as meninas das fotos? Lindas mesmo de duckface!

BIQUÍNI

Gravataí Merengue:
Normalíssimo, mas entendo o porquê da pergunta. Já vi muita gente reclamando de fotos de biquíni, numa mistura de moralismo tacanho e patrulhamento das fotografias pessoais alheias na rede. Patético, enfim. Você estava na praia ou numa piscina ou ONDE BEM ENTENDEU ESTAR e resolveu tirar uma foto? Não tenha medo de publicá-la. Evidentemente, não vale fazer isso (que é algo bacana) e, em outras ocasiões, bancar a moralista ou cagar alguma outra regra. Cada um na sua, e preferencialmente sem contradições de postura 😀


Lélu:
Nada contra, como sou homem seria estranho dizer que não gosto, né? Mas… se você colocou uma foto de biquíni, você deve estar preparada para ouvir o “gostosa” ou “gorda” sem se incomodar com quem comentou.

Claudio Tarandach:
Não vejo o menor problema. Aposto que tem muitas mulheres que dizem ser coisa de piriguete e etc, mas a mulher pode ser vulgar de todos os jeitos. É mais como você se porta ou, na foto, a pose que faz, do que qualquer outra coisa. Além do mais, na praia ou na piscina querem que se tire foto vestindo o quê? Nesse tópico, a maldade está muito mais nos olhos de quem vê.

Pedro Mainardes:
Biquini é complicadinho. Pode passar uma conotação vulgar. Mas as meninas das fotos estão bem bonitinhas e numa ocasião própria. Na praia. Não coloque fotos de biquini no escritório do seu pai, por exemplo. E evite, se você quiser um “amor verdadeiro e amizades sinceras” fotos exageradas. Aquelas do tipo “boquinha da garrafa” no churras da faculdade.

BALADA

Gravataí Merengue:
Novamente, já vi gente reclamando. Os bedéis da fotografia alheia não são fáceis. Qual o problema de tirar foto numa balada? Nenhum. E quem reclama geralmente não tem nem com quem sair (podem reparar).

Lélu:
Olha como eu bebo, sou legal e tenho milhares de amigos e amigas. <- Resumo das fotos de balada nas redes sociais. Mas na verdade é: Bebi um copo, tirei foto e fiquei o resto da balada sentada num canto olhando o Facebook e Twitter.Claudio Tarandach:
Você está lá, se divertindo, alguém tira uma foto. Por que não usá-la? Quer dizer que é muito legal você tirar uma foto totalmente dura, parecendo um poste, e com um sorriso amarelo ao lado do Cristo Redentor e colocar no seu face, mas tua amiga não pode colocar uma foto que tiraram dela se divertindo em uma balada? Quem que está querendo mostrar algo com as fotos aqui, ela ou você? Já parou pra pensar nisso?

Pedro Mainardes:
Se você gosta de balada, nada mais certo que isso, ué? O que eu recomendo é evitar fotos mostrando cigarro e garrafas de bebidas com logomarcas, tipo aquela “latinha de breja cas culega nu poixto”.

NO ESPELHO

Gravataí Merengue:
Existe também uma corrente doutrinária que é CONTRA fotos no espelho. Quando soube disso, eu mesmo passei a tirar várias, até pelo naipe de alguns que se colocam contra isso (a velha história, né? se essa turma aí é contra, alguma coisa boa tem em foto no espelho). Tirem sem medo, e também nada contra estilos mais arrojados como o da minha querida Scarlett Johanson (não sei se escrevi corretamente).

Lélu:
Já ouviram falar em timer? Se não sabe usar o timer, pelo menos limpa o espelho antes de tirar a foto. Obrigado!

Claudio Tarandach:
Que atire a primeira pedra quem nunca fez isso. Você não precisa ter um álbum com 300 fotos sobre o seu ego mergulhado em narcisismo, mas uma ou outra não faz mal.

Pedro Mainardes:
Eu usei meu avatar com foto no espelho por uns bons meses. Nada a declarar. Hahaha Mas vão te trollar sempre que possível. Minha dica é que, quando você tirar foto no espelho, repare bem nos elementos ao redor para não correr nenhum risco.

CORAÇÃOZINHO

Gravataí Merengue:
Confesso que não conhecia esse de dupla, já vi muito aquele sozinho, com as duas mãos. Com DUAS PESSOAS é uma novidade. Como no caso do biquinho, eu não gosto. Mas é assim: EU NÃO GOSTO. Jamais vou reclamar com quem tira, exibe etc. Quando alguém se incomoda com a foto de outrem isso diz muito mais sobre o “indignado” que acerca do titular da fotografia. Quem precisa de tratamento é o indignado, não quem se diverte tirando e mostrando fotos. Não liguem pra essa turma – basta olhar os integrantes da “esquadrilha da reclamação fotográfica” para ver que esse conselho é até meio óbvio.

Lélu:
Block e Report for Spam! Já aproveitem e pulem da ponte ou do décimo andar de algum prédio. Boa semana para as lindas e queridas leitoras do Just Lia.

Claudio Tarandach:
Desnecessário, modinha e provavelmene a foto vai ficar bizarra. Caso tire uma dessas, se você me tiver no face, me bloqueie deste álbum, por misericórdia.

Pedro Mainardes:
É brega, mas é válido. Se for parte de uma brincadeira e de um momento seu, manda ver! Não acho que tenha que haver regras… se o cara curtir você, suas fotos no Facebook vão ser o de menos. Mas vou aproveitar pra cagar uma regrinha: Não me marque em fotos que eu não estou. Aliás, não marque ninguém em fotos que a pessoa não aparece. Lembre-se: o facebook e o twitter são seus, e você faz o que quiser com eles. Seja você mesma e seja feliz. Beijos e até semana que vem! E me adicionem, se quiserem!

FONTEJustlia
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS