Will Smith diz que nunca conheceu um racista que fosse inteligente.

O ator apareceu no podcast Pod Saves America, onde compartilhou suas experiências pessoais de racismo, revelando que foi chamado de palavra N “cinco ou seis vezes” em sua vida.

O que ajudou Smith a superar essas experiências foi o fato de que ele “cresceu com a impressão de que racistas são estúpidos e fáceis de contornar”.

“Felizmente para minha psique, nunca fui chamado de palavra com N por uma pessoa inteligente”, disse ele. “Eu só tinha que ser mais inteligente que ele”.

Smith continuou dizendo que nunca olhou nos olhos de alguém que é racista “e viu qualquer coisa que eu percebesse como intelecto”.

Will Smith disse que aprendeu a ser ‘mais esperto’ que racistas.

A estrela de I Am Legend também expressou a crença de que “a ignorância pode ser educada”, porém ele acha que não há esperança para o “mal”.

“Felizmente, a ignorância é mais prevalente do que o mal flagrante, então sempre fui encorajado que o processo de educação e compreensão pudesse aliviar alguns dos aspectos mais perigosos e difíceis do racismo que infelizmente foram incorporados e enraizados em nosso país. ” ele disse.

Sobre a possibilidade do ator se envolver com a política ele disse:

“Eu absolutamente tenho uma opinião, sou otimista, tenho esperança, acredito no entendimento entre as pessoas e acredito na possibilidade de harmonia. Certamente farei minha parte, seja ela artística ou, em algum momento, aventurando-me na arena política.”

Smith apresenta Amend: The Fight for America, uma nova série da Netflix que explora a Décima Quarta Emenda como a marca mais duradoura da democracia nos EUA. Já está disponível para transmissão.

*DA REDAÇÃO RH. Imagens: Getty

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia