Você precisa se amar antes de amar outra pessoa e para se amar, você precisa se conhecer.

Na maioria das vezes nós esperamos que o outro faça por nós. Esperamos que toda nossa dedicação seja reconhecida, esperamos que nosso sentimento seja validado.

Nós pedimos, pedimos e pedimos, mesmo que inconsciente, estamos o tempo todo querendo algo do outro.

Durante minha jornada eu aprendi o porquê escutamos tanto falar em doar-se para o outro. E o porquê isso pode transformar nossa vida, verdadeiramente.

Quando passamos a nos entregar para o outro, a nos doar, conseguimos enxergar as coisas de uma maneira mais simples.

Passamos a sentir as coisas de maneira mais leve.

Doar-se para o próximo não significa colocar a outra pessoa acima de você.

Lembrem-se do que eu sempre falo aqui: você precisa se amar, antes de amar outra pessoa e para se amar você precisa se conhecer.

Experimente fazer algo por alguém próximo, sem esperar nada em troca. Não importa se é buscar um pão na padaria ou qualquer outra coisa. Apenas faça algo, seja útil.

E se aquela pessoa for daquelas que reclamam por tudo, melhor ainda rsrs, esse é o momento de você entender na pratica o que é doar-se.

Faça o que tem que fazer e se a pessoa reclamar, concorde, pergunte como pode fazer melhor da próxima vez.

Isso deixará a pessoa reflexiva, e por dentro, você pode ficar tranquila sabendo que fez o melhor que podia no momento.

Experimente!

Quando você se conhece de verdade, você se depara com o ser maravilhoso que estava escondido atrás das muitas máscaras sociais que você vestia. Você finalmente passa a amar essa versão que você não conhecia, e percebe que esse amor precisa ser compartilhado sem pedir nada em troca.

Esse amor tem o poder de transformar problemas em soluções.

Você percebe que se amar é o primeiro passo para qualquer transformação que você queira fazer em sua vida.

Se amar é o ponto de partida para que você consiga transformar os seus fracassos em sucesso.

Se ame! Você já sangrou e já sofreu demais, você não precisa mais disso.

Parar de esperar que os outros façam por nós e nos autorresponsabilizar pelos nossos fracassos e também pelos nossos sucessos é uma forte demonstração de amor-próprio.

Não vai ser fácil, mas os micros resultados são o primeiro passo para sua transformação.

Muitas vezes, você sente dificuldade de se amar porque ainda não está consciente de quem você é em sua essência. O sofrimento é sempre uma consequência de uma atitude inconsciente.

Assista essa live onde eu explico as diferenças entre uma pessoa consciente e uma pessoa inconsciente.

Você se sente uma pessoa injustiçada ou não validada?

👇Me conta aqui nos comentários.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.