Você não precisa se cobrar tanto! Você é incrível, acredite!

Iandê Albuquerque

Olha só, talvez você já tenha passado por uma dessas crises que lhe tira o sono e lhe faz acreditar no quão inútil você é, e lhe faz pensar no quanto de coisa que você já deveria ter feito, nos sonhos que já deveria ter realizado e até o momento, ainda não conseguiu realizar.

Talvez, pensar nisso o faça acreditar que você não vai mesmo conseguir o que planeja, mas eu preciso lhe dizer que é necessário respeitar o nosso tempo, ter paciência consigo mesmo e não se cobrar tanto assim.
Você é incrível, acredite!


Você não é obrigado a entrar numa universidade ou falar outra língua antes dos 19. Você não é obrigado a aprender a dirigir aos 18, muito menos ter um carro antes dos 30 ou fazer aquela viagem dos sonhos antes dos 40.

Você não é obrigado a se casar, ter filhos e construir uma família depois dos 30. Para ser sincero, você não precisa se casar ou ter filhos se não quiser, se preferir pode morar sozinho e adotar uns gatos, no tempo que você achar melhor.

Você não é obrigado a estudar para passar em algum concurso antes dos 30, trabalhar em lugares que não lhe fazem bem, só pra ter um dinheiro no final do mês, ou encontrar o amor da sua vida antes dos 40 por medo de ficar sozinho, você não precisa encontrar alguém para se sentir melhor, você não precisa perder o seu tempo fazendo coisas que não o faz se sentir realizado.

Não tem problema se o seu primo aprendeu a falar inglês, francês e alemão antes dos 20, se o seu vizinho mora sozinho desde os 19, se o seu amigo conseguiu comprar um carro aos 22, ou se a outra pessoa conheceu Paris bem antes dos 25.

Você só precisa seguir o seu caminho com força e fé, porque uma hora, no tempo certo, as coisas vão acontecendo da maneira que precisam acontecer.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Iandê Albuquerque
Sou recifense, 24 anos, apaixonado por cafés, seriados e filmes, mas amo cervejas e novelas se houver um bom motivo pra isso. Além de escrever em meu blog pessoal e por aqui, escrevo também no blog da Isabela Freitas, sou colunista do Superela e lancei o meu primeiro livro em Novembro de 2014 pela Editora Penalux. .

COMENTÁRIOS