Verdade ou mito? Cinco curiosidades reveladoras sobre gatos.

Os gatos eram elogiados no antigo Egito e demonizados na Idade Média. Mas a verdade é que eles sempre despertaram a curiosidade humana e, sem qualquer embasamento científico, levaram à disseminação de inúmeras lendas urbanas sobre eles.

Vamos ver 5 mitos que os cercam:

1- Inimizade entre cães e gatos

A hostilidade entre essas duas espécies é um clássico entre os clássicos conhecidos, mas não é particularmente verdadeiro.

Cães e gatos podem coexistir perfeitamente na mesma casa, desde que respeitem o espaço um do outro, principalmente quando crescerem juntos.

2- o gato preto traz azar

Durante séculos, alguns consideraram os gatos pretos um animal sinistro.

Para entender a origem dessa crença, devemos voltar à época dos celtas que afirmavam que o gato preto era o companheiro da bruxa.

Na Idade Média, Torquemada e a Inquisição receberam ordens de matar gatos pretos, primeiro os companheiros de bruxas e depois os gatos normais, independentemente da cor da pele.

Como resultado, a peste negra transmitida por pulgas de rato prevaleceu. Na ausência de gatos, as pulgas dos ratos se multiplicam e causaramm milhões de mortes.

No entanto, em outras partes da história, os gatos pretos também são considerados como amuletos de boa sorte. No antigo Egito, eles eram animais totalmente sagrados, na Inglaterra vitoriana acreditava-se que eles trariam boa sorte aos recém-casados.

3- Se ele rosna ou ronrona, significa que ele está feliz

O ronronar dos gatos começa no primeiro dia de seu nascimento. Graças a essa voz, as crianças podem se comunicar principalmente com suas mães, mesmo quando seus órgãos dos sentidos não estão totalmente desenvolvidos.

Com o tempo, rosnar se torna um ato de expressar felicidade, embora nem sempre seja o caso. Vários estudos mostraram que os gatos ronronam quando estão com dor ou medo.

É por isso que existem vários tipos de grunhidos:

Ronronar irregular: significa que o gato está completamente feliz.

Even Purrs: Reduz a intensidade no final – usado para encerrar uma situação.

Rosnado alto: uma voz usada para pedir ajuda ou transmitir dor.

4- Eles são prejudiciais para mulheres grávidas

Muitas mulheres acreditam que devem se livrar do gato quando estiverem grávidas. Isso ocorre porque os gatos podem transmitir toxoplasmose, que é uma doença muito perigosa para o feto.

Atualmente, esta doença é muito rara em gatos domésticos que estão a ser tratados e só pode ser transmitida com uma certa idade, desde que não estejam vacinados.

Além disso, se a mulher for imunizada, como na maioria dos casos e segundo pesquisas durante a gravidez, não há risco para o bebê.

5- os gatos sempre caem de pé

Este é outro dos mitos mais comuns sobre gatos, mas não é totalmente correto.

Eles nem sempre tocam o solo com as patas, porque depende da altura em que caem. Se tiverem tempo para rolar no ar, pousarão com os pés no chão.

Essa habilidade é involuntária e se manifesta quando o gato tem 40 dias.

* texto escrito pelo O professor Juan Enrique Romero @drromerook que é veterinário. Especialista em educação universitária. Mestre em Neuroendocrinologia Psicoimune. Ex-diretor do Hospital Escola de Pequenos Animais (UNLPam). Professor em várias universidades da Argentina. Palestrante internacional.

*DA REDAÇÃO RH. Foto de Ludemeula Fernandes no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia