“Um líder corrige sem ofender e orienta sem humilhar”

Iara Fonseca

Não é novidade para ninguém que o filósofo Mario Sérgio Cortella vem dando belos ensinamentos para nós durante a sua brilhante carreira. Desta vez, ele discorre como um gênio, explicando o que muitos “chefes”, deveriam ser para seus funcionários: grandes “líderes”.

Mas nos comentários desse texto teremos muitas histórias de chefes carrascos que humilham e agridem verbalmente e psicologicamente os seus servidores, isso mesmo, servidores, aqueles que o servem, mas que são remunerados para isso, são seres humanos e possuem o direito de errar, e se erram precisam entender que possuem alguém, o seu líder, que irá conduzi-los e orientá-los para que eles cresçam profissionalmente e se tornem também um bom líder para o próximo que vier lhe suceder.

Ok. Não é isso que acontece com você, não é mesmo?

Também não aconteceu assim comigo.

Tive apenas “chefes” na minha vida, e quando encontrei um líder, tive que abandoná-lo por forças maiores, ele não tinha condições de me pagar naquele momento e eu precisava sustentar meus filhos e a mim.

A partir daí, decidi ser líder de mim.

O que seria isso?

Eu mesma iria liderar a minha vida e o meu lado profissional, é claro, me inspirando em muitas pessoas que admiro, mas decidi ser líder de mim mesma.

Para isso, tive que estudar muito, tanto assuntos práticos da minha carreira, quanto assuntos psicológicos e espirituais que poderiam estar me atrapalhando nessa liderança que queria tanto desenvolver.

O despertar para a liderança não é fácil, muitos preferem continuar no que parece ser a sua zona de conforto e no que já estão acostumados. Afinal, para eles, é mais fácil gritar, xingar, humilhar, do que ser pacífico, educador e orientador de vidas.

Porém, a grande diferença é que um, deixará marcas dolorosas, traumas, lembranças tristes e de tempos angustiosos em nós… e o outro… Ah, o outro cheira a rosas e nos fala como cantam os pássaros, ele mostrou o melhor caminho, foi um grande transformador em nossas vidas… E isso não tem preço! Enche nosso coração de gratidão!

Por isso, tenho certeza que vão gostar da palestra que selecionei para vocês e que dá titulo a esse artigo!

Aproveitem e mostrem para os seus amigos e aqueles que ainda insistem em serem apenas “chefes” ocasionando, assim, danos terríveis a saúde psicológica de seus subordinados. E se inscrevam no canal do Cortella, é ótimo!

Frase Título: Mário Sérgio Cortella

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!

COMENTÁRIOS