Um dia, quando você esbarrar com a pessoa certa, vai entender porque nunca deu certo com ninguém

Pamela Camocardi

Você é uma boa pessoa, gosta de animais, trabalha como uma condenada, estuda à noite e seu coração não é um icerberg. Eu sei que você ouviu várias vezes “amanhã eu te ligo” de quem nunca ligou. “Estou com saudades” de quem nunca a procurou e “o problema não é você, sou eu”, de quem terminou, na mesma semana, em que disse que a amava. Acredite, eu sei.

Eu sei que não foi fácil esquecer aquele amor. Demorou anos para se levantar, e toda vez que você se curava, ele ressurgia das cinzas igual o Munn-rá dos Thundercats.

Eu sei o quanto doeu ser rejeitada, ver as mensagens visualizadas e não respondidas e ler “fulano está em um relacionamento sério” uma semana depois de terminar com você. Eu sei que você aceitou atrasos que viraram rotinas, que perdoou o imperdoável e que criou expectativas demais com pessoas de menos.

Eu sei que você está cansada e que jurou nunca mais amar. Mas, desculpe decepcioná-la, você vai amar de novo sim. E vai amar muito!

Baixe a guarda, tire essa armadura. Porque, querendo ou não, você vai amar novamente sim! Você vai se apaixonar como nunca, vai sentir saudades, paz, frio na barriga e vergonha de conhecer a família.

Você não vai ouvir um “qualquer coisa eu te ligo”, você irá ouvir seu telefone tocar. Você não irá ouvir um “qualquer dia a gente marca” porque ele estará te esperando na portaria do seu prédio. Você não ouvirá um “eu não estou pronto para me relacionar” porque ele terá medo em perdê-la.

Aproveite esse tempo sozinha e cuide de você. Faça aquele curso que você engavetou, recomece a academia, volte a tocar violão, volte a correr. E esqueça o mal que os outros fizeram.

Primeiro porque você não é vítima, nem donzela no castelo. Você é uma guerreira que sabe muito bem o valor que tem. Segundo que sua felicidade não está nas mãos de ninguém, além de você. Faça como Cora Coralina te ensinou no livro do Ensino Médio:

“Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.”

Lembra do filme “Comer, rezar e amar”? – “O importante é viver e ser feliz mesmo que isso signifique deixar tudo para trás e recomeçar, pois na vida e no amor as conquistas são feitas todos os dias”.

Então, aproveite esse momento e lasque um sorriso nessa alma. Esse é o seu momento.

Um dia, quando você esbarrar com a pessoa certa, vai entender porque nunca deu certo com ninguém.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Pamela Camocardi
A literatura vista por vários ângulos e apresentada de forma bem diferente.

COMENTÁRIOS