Tenha fé, garra e coragem! Acredite! Nem todos os dias serão de tempestade!

Thiana Furtado

A vida é uma súplica, cheia de altos e baixos, mas precisamos seguir adiante…

Nem todos os dias serão tempestade. Às vezes, basta darmos um tempo para as coisas voltarem para o seu devido lugar.

Mas há dias em que tudo é negatividade, não é mesmo? Há dias em que parece estarmos soterrados pelos nossos problemas…

Mas saiba que, para cada meia desaparecida, surgirá um par de luvas para aquecer as suas mãos, nos dias em que estiveres sentindo mais frio…

Sei bem como você está se sentindo…

É algo como um vazio na alma, uma complicação existencial, sonhos que não estão se realizando e uma vida que esteja lhe enganando…

Sei muito bem o que é sentir tudo isso que acabo de relatar. A vida sempre nos cobra. Ela costuma nos indagar o que estamos fazendo com as coisas que estão se apresentando a nós.

Ela pergunta se arrumamos a casa, se demos banho nos filhos, se os alimentamos, se estamos cuidando bem da nossa saúde, do nosso companheiro(a), que tanto nos quer bem, e por aí vai… Por aí podemos abrir um leque de vantagens e desvantagens que podemos encontrar nas diversas situações que forem se descortinando para nós.

Mas gostaria de saber sobre algumas coisas básicas que podem estar lhe atravancando a existência…

Aqui vão as minhas indagações…

Será que você não estaria enjoado da comida que degusta diariamente?

Cansou de trabalhar no RH da empresa do seu patrão?

Enjoou de ser o chefe do seu negócio? Ou ainda o pior: Está tendo de lidar com a dificuldade inaceitável do desemprego, que tanto o debilita, em todos os múltiplos sentidos existenciais?

As coisas estão ruins para o seu lado? Coloque tudo pra escanteio… A vida prossegue!

Nessas situações, recomendo que você vire a página do seu dia, que você arquitete planos mirabolantes, para poder transformar aquilo que esteja lhe incomodando…

Às vezes, precisamos deixar o que nos chateia de lado, colocando o que estiver em excesso para escanteio, mesmo!

Uma vez que, as coisas nem sempre serão como planejamos, sabemos que nem sempre a vida nos sorrirá de volta. Portanto é preciso entendermos que nem sempre os ganhos superarão as perdas. Mas sabe de uma coisa?

É preciso recomeçar, partindo do ponto em que paramos, diante de uma etapa que foi passageira.

É preciso tentar, é preciso não desistir da vida, nem de nós mesmos.

É preciso angariar a coragem que reside no nosso coração, se a nossa intenção for obtermos novos pontos de vista, idealizando planos para um novo e saudoso amanhã.

Ninguém virá bater em sua porta, perguntando o porquê de você não ter saído de casa no final de semana.

Ninguém virá perguntar se você deseja mudar de vida.

É claro que as pessoas mais próximas perceberão o seu estado lastimoso e indagarão sobre o que pode estar acontecendo contigo. Mas, para mudarmos de vida, será preciso uma mudança interior, que deverá refletir os desacertos em passos promissores, que você poderia se aventurar em iniciar.

Tente mais uma vez, planeje, sonhe, vibre e contagie todos os que estiverem ao seu redor, para que acreditem tanto quanto você, que é possível sim, darmos a volta por cima. É imprescindível prosseguirmos realizando tudo aquilo que, no recôncavo de nossas almas, faz-nos movimentar as falanges das nossas melhores aspirações.

Comecemos a acreditar, pois quando nos dermos conta, realizaremos invencibilidades!

Força, garra e fé é o que faz de simples viajantes, futuros peregrinadores do universo!

Coragem! Você também pode chegar lá!

Eu acredito em seu potencial!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Thiana Furtado
Seu lema é acreditar na vida. A escrita, para ela, é uma forma de protesto perante uma sociedade tão carente de sentimentos verdadeiros. Acredita ser essa sua verdadeira missão na terra. Venera os animais conhecidos como irracionais e também o que existe de mais belo e genuíno no interior de cada personalidade que entrelaça o seu caminhar... Para ela, escrever é simplesmente viver! Recentemente escreveu o livro: Minha vida com o transtorno esquizoafetivo. Em uma narrativa emocionante e realista ela discorre sobre o problema que foi obrigada a vivenciar desde os tempos de sua meninice. O livro pode ser encontrado em diversas livrarias espalhadas pelo Brasil.