Têm pessoas que não querem amar, apenas querem saber que não estão sozinhas.

Anieli Talon

Têm pessoas que não querem amar, apenas querem saber que tem alguém ao seu lado. Apenas isso.

O comportamento revela que, na verdade, o que elas querem mesmo é a boa companhia, a energia da pessoa por perto, o apoio e o carinho. E não amor, ou relacionamento e planos.

Sim, nem tudo é como se quer. É possível se frustrar nesse negócio de relações humanas. Por isso é bom ficar atento aos sinais!

Existem pessoas que despertam uma maior afinidade, química, enrosco, aquele “algo a mais.” A partir desses sentimentos é normal pulsar o desejo de se construir algo juntos, levar adiante aquele encontro rico de bom papo, boa química, bom beijo e companhia… Mas aí vai desenrolando a trama e é possível perceber que nem tudo é como parece.

Têm pessoas que não buscam conexão, não querem contato profundo e não estão interessadas em fazer o outro feliz, em amá-lo! São rasos. Vão até a página dois.

São capazes até mesmo de magoar por ignorar os sentimentos do outro, de não saber dar atenção e ser recíproco. São capazes de traição e sem remorso.

Esse tipo de pessoa não costuma se interessar. No seu repertório não existe o “Como você está”? A relação nunca será de um interesse sincero. Elas são egoístas. Pensam apenas em seus sentimentos e podem até mesmo manipular uma relação para tirar o melhor proveito para si.

São pessoas sem amor próprio que acabam usando da energia de qualquer um para se fortalecerem e por isso também se passam de bons amigos e bons parceiros mas, no fim, estão apenas usufruindo dos seus interesses.

E se deparar com pessoas assim pode ser uma grande cilada, pois de início é possível achar que tudo não passa de viagem do ego. Que a falta de interesse e cuidado é porque é do tipo desligado mesmo ou que isso não tem importância… É bom saber quando a recíproca é verdadeira ou se está numa grande emboscada emocional!

Ser apenas um doador de boa energia não faz de ninguém especial, pelo contrário. Uma boa relação se constrói juntos, com ambos no mesmo caminho.

É bom estar atento com essas pessoas. Elas não querem amar,elas querem apenas alguém por perto para saber que não estão sozinhas. E tudo isso sem ao menos se dar o trabalho de cultivar uma boa relação.

Quando não sai da forma que se deseja é bom parar. Nunca ache que merece menos. O amor deve existir de forma real e interessada! Às vezes não é viagem do ego, é mesmo uma relação de mão única, e esse caminho não leva a lugar algum.
Fica aí aquela máxima “Antes só que mal acompanhado”!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Anieli Talon
É jornalista, atriz e tem a comunicação como aliada. Escritora por natureza, tem mania de preencher folhas brancas com textos contagiados por suas inspirações.