A fome mata, e a doação, salva!

Esse taxista de Cingapura costuma parar e comprar o jantar para sua família toda vez que encerra o seu dia de trabalho, mas sempre pensa em quem não tem o mesmo privilégio que ele e compra uma porção a mais para entregar a quem está passando fome nas ruas.

Uma passageira que passava por dificuldades contou sua experiência com o motorista generoso e o presente inesperado que ele lhe deu. (a baixo)

Os profissionais entregadores, motoristas de taxi e de aplicativos se sacrificaram muito durante a pandemia. Por ser um serviço de primeira necessidade, eles atravessaram as ruas em tempos desertos e foram constantemente expostos a um possível contágio, também por isso, a generosidade desse taxista deve ser compartilhada.

Lim, esse taxista de Cingapura, oferece muito mais do que uma carona: ele sempre carrega pratos extras de comida para o caso de esbarrar em alguém que sente fome.


FB: ComfortDelGro Taxi

Lim, tem 59 anos e certa vez, atendeu o chamado de Grace Tan, uma passageira que teve a sorte de entrar no carro de Lim na noite de 13 de março.

Imediatamente a mulher percebeu o aroma delicioso de alguns macarrões quentes que Lim comprara. Segundo a página da ComfortDelGro Taxi no Facebook, como era muito tarde, o motorista perguntou a Grace se ela estava com fome, ao que ela respondeu que sim. Foi nesse minuto que Lim, sem pensar muito, ofereceu o macarrão à mulher.

No início, Grace rejeitou a oferta respeitosamente, mas Lim insistiu e acabou convencendo-a. Segundo a mesma fonte, a mulher comentou que não tinha maiores expectativas daquela corrida de táxi, como sempre, mas ficou encantada com a ação de Lim.

taxista-fome
Imagem referencial. (The Epoch Times)

“A generosidade e a gentileza desse taxista me surpreenderam, principalmente porque esse período da COVID-19 foi difícil para ele. Isso me lembrou que ser legal é intencional e uma escolha que fazemos nós mesmos. Ele poderia ser um anjo enviado para me lembrar de ser gentil neste ritmo de vida agitado? ” —Grace Tan no Facebook –

Lim insistiu com sua humildade e modéstia, argumentando com uma risada que “Eu disse a ela que não importava, não se preocupe! É apenas um pequeno gesto, fico feliz em compartilhar”.

Muitos usuários acharam que a história era falsa, já que foi a mesma empresa onde Lim trabalha que publicou a informação. No entanto, a empresa corrigiu que o mesmo passageiro os abordou para informá-los do ato generoso do motorista.

Por mais pessoas no mundo como Lim! Nós precisamos de pessoas especiais que desejem compartilhar e não apenas acumular as riquezas para si mesmas. Um pequeno gesto como esse pode trazer uma grande satisfação para a vida de muitas pessoas!

Não acham? O que você tem feito para ajudar quem precisa nesse momento de pandemia? Conte para nós nos comentários.

*SE VOCÊ CONHECE HISTÓRIAS INSPIRADORAS COMO ESSA, ENVIE UM EMAIL COM A HISTÓRIA E FOTOS DOS PERSONAGENS PARA [email protected] NÓS QUEREMOS PUBLICÁ-LA!
A SUA HISTÓRIA PODE INSPIRAR MUITAS PESSOAS!

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia