Talvez um dia a vida te ensine a dar valor a quem te quer de verdade.

Rogerio Oliveira

Rapaz, quantas oportunidades você desperdiçou? Talvez um dia a vida te ensine a dar valor a quem te quer de verdade. E logo ela que vivia dizendo que iria se cansar, que um dia deixaria de esperar por sua indecisão e sumiria sem deixar rastros.

Por vezes ela foi atrás de você e seu orgulho te cegou a ponto de deixa-la ir.

Ela chorou no chuveiro e foi dormir com o coração na mão porque a sua insegurança não permitia que você confessasse que era dela que você precisava.

Por diversas vezes ela acreditou que você ia mudar, e no dia seguinte você agia como se a errada da história era ela por sentir demais e por querer o que você não queria.

Não adianta chorar agora. É tarde demais para você, rapaz.

Ela cansou das suas incertezas todas e foi buscar abrigo nos braços de quem lhe olhava no olho e afirmava amor sem hesitação.

Você teve todas as oportunidades do mundo para ter ela com você, mas desperdiçou. Por que? Por orgulho, medo ou fraqueza? Agora não importa mais.

Ela foi embora e você tá aí, lamentando a vida e apertando o peito.

Só resta saudade e uma vontade de ter de volta a mulher que foi sempre sua e você não fez um esforço sequer para que ela ficasse.

Ela não precisava de muito, apenas que você fosse diferente de tudo que ela já apostou por aí.

Talvez um dia você entenda que amor a gente só aposta se tiver intenção e capacidade de sustentar.

Talvez um dia a vida te ensine a dar valor a quem te quer de verdade.

Você perdeu e ela ganhou. Você lhe deu de presente um mundo de novas oportunidades quando ela só queria ganhar o seu amor!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Rogerio Oliveira
Rogério Oliveira é Publicitário, amante da fotografia, escritor nas horas vagas e leitor de sentimentos alheios!