São as suas memórias de dor que te impedem de enxergar o amor.

Muitas vezes, você fala, pensa e se comporta com a sua dor e nem percebe que ela está de indicando caminhos que te levarão para uma estrada cheia de obstáculos, aparentemente, intransponíveis.

Tudo começa com o autoperdão e o amor-próprio, enquanto você não escolher fazer essa caminhada para dentro, você continuará cheio (a) de dúvidas, mergulhado (a) em um sofrimento profundo.

Quando o seu foco está na dor. você paraliza diante dos desafios da vida, caminha para morte e se distancia da vida.

Você perde a capacidade de tomar boas decisões, porque a capacidade de decidir o melhor para você é um dom inerente ao seu ser, e quando você está desconectado da sua essência, voce foca no problema, no ódio, na indecisão, e com isso, não sabe como equilibrar o seu corpo físico, mental e espiritual.

As suas memórias de dor te isentam da responsabilidade de ser o agente transformador da sua realidade. Você mergulha em um mar de lamentações e emite uma vibração de baixa frequência, onde o medo, a tristeza, a raiva, o ódio e o sofrimento se tornam o seu guia interior.

Esse guia negativo te leva a fazer escolhas equivocadas, a se comportar de uma forma que a sua alma reprova, e o resultado que você colhe é sempre mais dor, mais decepção, mais frustração…

Você fracassa em tudo, ou quase tudo que tenta realizar porque a sua autorealização não está na afirmação da dor, está na cura através do amor.

Enquanto você não se curar do que te feriu, você vai colecionar mais memórias de dor, repetidas vezes, e mais situações parecidas te encontrarão desprevinido (a).

Procure ressignificar as suas crenças negativas, limpar as suas memórias de dor, perdoar os outros e a si mesmo. Nenhum caminho será abundante sem aceitação.

Quando você não aceita a sua história, você se enfraquece e perde o sentido da vida. Tudo fica mais difícil. Mas quando você se acolhe, se olha com amor, sente compaixão por si mesmo, você constrói pontes que te ajudam a chegar até o seu pote de ouro: o seu coração.

É nele que você encontra a cura para todos os seus problemas atuais e passados.

Para limpar as suas memórias de dor. Repita durante o seu dia:

“Eu te amo. Sinto muito. Por favor me perdoe. Sou grato (a).”

Acompanhe as lives diárias do meu perfil @julianavasilian para transmutar a sua dor e se abrir para o amor. Desperte o sorriso da sua alma. Entre para a nossa comunidade HP80 e escolha fazer essa jornada de cura interior.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Juliana Vasilian. Visite o seu Instagram @julianavasilian e o seu canal no Youtube Juliana é terapeuta transpessoal, especialista em Desenvolvimento Humano – Devolvendo o SORRISO DA ALMA
+ de 1000 transformações diárias. CLICA AQUI NESSE LINK PARA SE CONECTAR COM ELA.

Foto de Yuris Alhumaydy no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Especialista em Desenvolvimento Humano Devolvendo o SORRISO DA ALMA + de 1000 transformações diárias Se permita olhar para si