“Sou viciada em gravidez”. Diz mãe, depois de ter 8 filhos.

Essa mãe resolveu se manifestar, depois que recebeu críticas severas por ser sustentada pelo governo devido a quantidade exorbitante de filhos que gerou.

Para cada filho, o governo inglês paga para a Marie Buchan, cerca de US $ 680, e, não satisfeita, ela planeja ter mais.

Ela não se importa em não poder trabalhar porque, ela sabe que, o cheque sempre chegará enquanto ela estiver cuidando dos bebês.

Embora o processo de criação de uma vida seja algo lindo, existem dificuldades e complicações que só uma mãe entende. Porém, por incrível que possa parecer, há mulheres que gostam de todo o processo da paternidade e, embora, ser mãe, seja também, padecer diante das dificuldades, elas não pensam duas vezes em fazer crescer a família.

Essa é uma mãe apaixonada pela tarefa de procriar e educar. Marie Buchan, uma mulher que mora em Birmingham, na Inglaterra, se declarou viciada em gravidez.

sou-viciada-em-gravidez-diz-mae-de-8-filhos1
Youtube / Apenas Humano

Mas essa não é uma situação problemática para ela, pois ela disse ao Only Human que ela gosta de ter filhos e também da gravidez em si, ela se incomoda apenas com as pessoas que pensam que ela é uma mulher preguiçosa.

Ela conta que recebe cerca de US $ 686 por semana em benefícios do governo, o equivalente a cerca de US $ 35.700 por ano. E é isso que a coloca no olho do furacão, pois muitos, pensam que é injusto que ela continue a ter filhos, quando não consegue se sustentar.

Algumas pessoas a acusaram de estar transformando a ajuda do governo em lucro, pois ela teria até comprado um cavalo com o dinheiro que sobrou.

sou-viciada-em-gravidez-diz-mae-de-8-filhos2
Youtube / Apenas Humano

Ela, então, decidiu vir a público para se defender e declarou:

“Sou viciada em gravidez, sou viciada em parto e comida, sou viciada nisso. Acho que muita gente me vê como um lixo, preguiçosa ou inútil, que só consegue produzir bebês por dinheiro”, disse ela sobre as críticas das pessoas.

Mas, para ela, criar os filhos é um trabalho mais pesado do que o trabalho de escritório, porque diz trabalhar cerca de 21 horas por dia.

A verdade é que foi possível se dar alguns luxos que ela não tem medo de tornar públicos, como uma viagem à Espanha sem os filhos durante as férias de Natal.

Embora haja quem a critique, também há quem não concorde com as ações do governo, garantindo que o sistema de benefícios incentive essas condutas.

Uma questão um tanto complicada, pois muitos acham que seus impostos são desperdiçados com pessoas como Marie Buchan, que tem filhos sem poder sustentá-los. Mas são garantias que o Estado dá e não é culpa dela saber tirar proveito delas.

Esperamos que esses cheques sirvam para ela, não apenas no presente, mas para garantir um futuro para seus filhos, pois são 8 futuros adultos que, em breve, terão mais necessidades.

Se o governo brasileiro desse esse incentivo, você também seria viciada em gravidez?

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia