Sobre minhas forças: Nunca fui eu, sempre foi Ele.

Thamilly Rozendo

Depois de muito tempo entendemos que a caminhada cristã não é uma decisão isolada, mas uma escolha diária. Entendemos que mais do que idas a igreja, fazer o bem ao próximo, a caminhada cristã é um relacionamento diário com Deus. E é aí que eu entendi o maior desafio de ser um cristão. E aí que eu entendia que o meu relacionamento com Deus precisava ser diário e que para isso eu precisava tê-lo como meu amigo.

Nada de encontros apenas no final de semana quando vou a igreja ou quando decido louvá-lo. É preciso mais do que isso. Ele precisa ocupar o primeiro lugar na minha vida, Ele precisa ser prioridade, para que o nosso relacionamento se fortaleça.

É preciso que Ele seja a minha primeira busca pela manhã e o meu socorro antes de dormir. Ele quer saber dos meus sonhos, dos meus planos e Deus tem um interesse real em cuidar do nosso coração. E eu demorei a entender, mesmo estando há tanto tempo com o título de “cristã”, mesmo frequentando uma igreja há tantos anos, que esse relacionamento diário vale mais do que qualquer coisa, que é este relacionamento o maior desafio que encontramos em nossa caminhada cristã e ao mesmo tempo o que mais reflete o amor de cristo para os outros.

Isso porque, quando caminho lado a lado com Deus eu consigo ouvir a Sua voz. Eu consigo ter paz e sabedoria em minhas escolhas. Com Ele, tudo muda. E uma vida moldada por Ele ilumina por onde passa. A verdade é que demorei muito para perceber que buscar o Seu auxílio apenas nas horas de angústia não era um relacionamento verdadeiro, Deus queria muito mais de mim. Não por egoísmo, mas por amor.

Desde que entendi isso, enfrento lutas diárias. Há dias em que eu consigo me conectar imensamente com Deus, mas por vezes o nosso relacionamento esfria. Me sinto tão distante que não sei como voltar a “falar” com Deus. Bobagem minha. Logo Ele, que escuta até o meu silêncio. Quantas orações feitas de madrugada sem ao menos dizer uma palavra. Na súplica um coração angustiado, lágrimas nos olhos e na boca, apenas o silêncio. E eu sei que Ele ouviu e compreendeu a tempestade que havia em meu coração.

E então eu entendi que tudo bem, Ele sabe o que se passa em meu coração. Deus sabe que naquele dia eu não conseguia sequer orar. Ele sabia que eu precisava desesperadamente do seu amor, da sua graça e quantas vezes do seu perdão.

Muitas pessoas se distanciam de Deus com a falsa ideia de que são pecadoras demais, que estão falhando muito e não conseguem mais sentir a presença de Deus. Então, eu te convido, assim como eu já fiz milhares de vezes, a se conectar novamente com Ele. Deus o ama exatamente assim, Ele sabe dos seus desafios, das suas lutas e das suas fraquezas. Deus sabe exatamente de cada erro e acerto seu e é justamente por isso que Ele quer caminhar ao seu lado. Tudo pode estar indo de mal a pior, a tempestade pode ser forte, mas sinta o abraço de um Deus que cuida de você, mesmo quando você não vê.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, apaixonada por artes, música e poesia. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito requeijão, mesmo sendo intolerante a lactose. Tem pavor de borboletas, principalmente as no estômago.