Só você sabe tudo o que já teve que superar! Você tem valor, não preço!

Às vezes, é muito difícil valorizar as nossas prioridades e dar a devida atenção tanto ao que precisamos obter quanto ao que precisamos manter junto de nós.

Embora a vida nos obrigue a dedicar a maior parte de nosso tempo trabalhando para conquistar qualidade e conforto, essa rotina pesada, pode nos distanciar mais e mais dos contatos e interações com as pessoas.

Nessa toada, acabamos, muitas vezes, nos apegando demasiadamente aos bens que acumulamos, valorizando a materialidade que nos rodeia, acima de qualquer outra coisa. E assim, relegamos a segundo plano nossas necessidades afetivas, nossos desejos sentimentais, tudo aquilo que não possui preço, o que não se compra nem se vende, apenas se vive.

Por mais que sejamos alertados para o perigo que reside nessa busca maçante pelos bens, pela riqueza, pelo status social, acabamos sendo atraídos quase que, mecanicamente, pelos apelos disso tudo.

Vamos nos enchendo de objetos e nos esvaziando de sustância emocional, pois acabamos apenas enxergando o que os olhos veem, e acabamos esquecendo das carências de nossa essência humana.

Muita gente se preocupa com os riscos na calota do carro, sem nunca perguntar como a esposa se sente.

Muitos pais olham o boletim escolar, mas se esquecem de olhar nos olhos dos filhos.

Muitos de nós percebemos quando o amigo engordou, porém jamais percebemos o quanto ele está precisando de nossa ajuda.

Por isso é que, muitas vezes, temos tudo o que queremos, mas não temos ninguém de quem precisamos.

É necessário, pois, mantermos o foco nas escolhas que fazemos, nas atitudes que tomamos, na importância que estamos dando a aquilo que colocamos como prioridade em nossas vidas.

Não podemos nos desconcentrar em relação ao que temos de mais precioso em termos de parceria, amizade, amor verdadeiro, ou acabaremos lotados de tralhas que não preencherão o nosso vazio existencial.

No mais, perca coisas e não pessoas. Coisas a gente compra de novo, pessoas a gente perde para sempre.

Mas escolha bem as pessoas que merecem estar do seu lado.

Não permita que ninguém invalide as suas conquistas, ria dos seus sonhos. Só você sabe o que teve que superar para chegar até aqui. Só você!

Você teve que superar o desamor, a falta de respeito, a angústia de não se sentir suficientemente boa, o fracasso de alguns projetos profissionais e de vários relacionamentos pessoais, as decepções das expectativas criadas e, você ainda está aqui, pronta para uma nova conquista, cheia de esperança de que dias melhores virão, e é isso que importa.

Não imponha a valor a coisas, mas sim, a atitudes e comportamentos.

É essa sua disposição para o bem que encanta, que faz nascer um raio de amor que transforma dor em lição, medo em coragem, obstáculos em caminhos… Permita que essa força contagie seus dias.

Ame a sua própria companhia e valorize quem sempre acreditou em você, quando mais ninguém via o seu valor. Esse alguém, mesmo que não seja de carne osso, nunca deixou de acreditar que você é capaz de conquistar mais e mais. Portanto, nunca desista dos seus sonhos mais bonitos, eles são a sua maior riqueza.

Se você sentir que tem dificuldade de valorizar o que realmente importa e está dando valor as coisas que não levamos desse mundo, chame no direct @rhamuche.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar. Photo by Aramudi on Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.