Se você se tornou melhor ao lado de alguém, com certeza, é amor!

Cris Souza Fontes

“O amor só é lindo quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.”
Chega Mário Quintana buzinando tais palavras ao meu ouvido, enquanto lágrimas se derramam ao assistir um lindo vídeo de um casal de amigos que eu posso afirmar, com toda certeza, que se amam de verdade.

Muitos poderiam até dizer: “que nada! Eles estão vivendo num conto de fadas, uma hora a venda cai” E eu digo que não. Não penso assim. Não no caso deles. Porque como Mario Quintana mesmo diz, o amor só é lindo quando o outro se transforma em alguém melhor e foi exatamente isso o que aconteceu. Não que eles fossem ruins antes, mas tornaram-se melhores juntos.

Então, eu me deparo com o amor e seu verdadeiro significado: ele nos faz melhores!

Se você chega aqui, pertinho de mim, e me diz que não tinha ciúmes antes dele… Que era um cara sereno e tranquilo antes dela… Que você passou a fazer coisas que antes não fazia e que, detalhe, não são legais… algo está errado! Apertem todos os botões de alerta porque, meu amigo, se você tem se tornado alguém PIOR, o sentimento que os liga não pode ser bom para você.

Quando duas pessoas se amam, elas crescem juntas, elas aprendem juntas. Uma sabe um pouquinho disso e a outra um pouquinho daquilo e ambas se completam. São professores e alunos. São felizes.

Rastejei por essa vida atrás de um sentimento profundo que me tirasse da normalidade, sem me intoxicar. Rastejarei por essa terra, navegarei mares, desvendarei céus e correntezas. Serei mais corajosa, serei mais humana, mais mulher.

Porque o amor é isso aí, faz-nos mais ousados, mais valentes e guerreiros. O medo, ah… o medo! Ele continua junto e, muitas vezes, bem agarrado ao coração. Mas você reverte, você luta, você enfrenta.

O amor, ah… o amor! Ele faz uma formiga tornar-se um tiranossauro e um homem franzino tornar-se um gigante.

E porque não falar de amor?

Esse sentimento que está tatuado em minha pele e decorando as paredes do meu coração?

Acredite, se você tornou-se alguém melhor ao lado de outra pessoa, é muito provável que esteja amando.
E olha que Mario Quintana sabia das coisas!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Cris Souza Fontes
Escritora, blogueira, amante da natureza, animais, boa música, pessoas e boas conversas. Foi morar no interior para vasculhar o seu próprio interior. Gosta de artes, da beleza que há em tudo e de palavras, assim como da forma que são usadas. Escreve por vocação, por amor e por prazer. Publicou de forma independente dois livros: “Do quê é feito o amor?” contos e crônicas e o mais espiritualizado “O Eterno que Há” descrevendo o quão próximos estão a dor e o amor. Atualmente possui um sebo e livraria na cidade onde escolheu viver por não aguentar ficar longe dos livros, assim como é colunista de assuntos comportamentais em prestigiados sites por não controlar sua paixão por escrever e por querer, de alguma forma, estar mais perto das pessoas e de seus dilemas pessoais. Em 2017 lançará seu terceiro livro “Apaixonada aos 40” que promete sacudir a vida das mulheres.