Richard Gere leva alimentos a imigrantes retidos em navio no Mediterrâneo

Richard Gere não brilha somente no cinema, ele também faz bonito quando o assunto é estender uma mão a quem vive os momentos mais difíceis da vida.

Resiliência Humana

Conhecido por inúmeros papéis no cinema, principalmente pelas clássicas comédias românticas estreladas ao lado da estrela Julia Roberts, o ator americano Richard Gere chamou atenção da mídia especializada em celebridades nos últimos dias por outro motivo que não o seu trabalho como ator. Ele foi protagonista de uma boa ação que pode e deve servir de inspiração para muitas pessoas que se compadecem com o sofrimento humano.

Na última sexta-feira, 9, o ator embarcou no navio da ONG espanhola Open Arms, que transporta 121 imigrantes africanos, salvos no Mediterrâneo, à espera de um porto para desembarcar. As famílias são da Eritréia, Sudão ou Etiópia: 89 idosos e 32 meninos e meninas. “Finalmente, uma boa notícia. A comida chega no Open Arms e nós temos um tripulante excepcional, Richard Gere”, anunciou a organização em sua conta no Twitter.

A história do ator com a organização é antiga. No ano passado, quando o navio da ONG foi bloqueado pelo governo do vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, o astro hollywoodiano enviou-lhes um vídeo de apoio com o lema #freeOpenArms.

Desta vez, de férias na Itália, o ator, que é pai há seis meses, ligou para a Open Arms oferecendo ajuda. De acordo com a ONG, ao saber que a embarcação estava a caminho de Lampedusa, Gere comprou uma passagem de avião e foi para a ilha italiana.

Há mais de uma semana, a ONG Open Arms se dedica a resgatar imigrantes no Mediterrâneo. Os africanos enfrentam diariamente a precariedade das condições do navio, porque não conseguem aportar. Agora ao menos ganharam atenção internacional e quem sabe algum país possa recebê-los.

Por: Redação CONTI outra. Com informações de Veja

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia