Resiliência: Ela tem sido a minha grande companheira

Bruna Cosenza

Ela tem sido a minha grande companheira nos últimos tempos.

Em meus sonhos, preciso me manter forte para não desistir cada vez que vejo tudo se despedaçar diante dos meus olhos.

Em minha vida profissional, preciso me recompor sempre que sou desafiada a sobreviver a uma situação que me é desconfortável.

Em meus relacionamentos, preciso reerguer os laços que, por inconsistência minha, quase se desfazem quando não estou prestando a devida atenção.

Em minha mente, preciso continuar acreditando que sou capaz mesmo quando todas as circunstâncias dizem o contrário.

Não tem sido fácil, é verdade.

Às vezes, acho que vou sucumbir.
Às vezes, acho que tudo faz parte do caminho.
Às vezes, acho que estou cada vez mais perto das minhas conquistas.

A resiliência está sempre lá. Nas horas boas. Nas horas ruins.

Sempre me lembrando de que nada vem fácil. Sempre me alertando de que se quero muito algo, devo saber cair, me recompor e persistir. Essa é só uma parte da jornada.

O restante se trata de superar cada uma das quedas de tal forma que elas deixem nada além da certeza de que só porque o caminho está mais difícil, não significa que não possa ser ultrapassado.

E, para isso, ainda vou precisar me recompor muitas vezes. Talvez até o último dia da minha vida.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Bruna Cosenza
Bruna Cosenza é paulista e publicitária. Acredita que as palavras têm poder próprio e são capazes de transformar, inspirar e libertar. É autora do romance "Lola & Benjamin" e criadora do blog Para Preencher, no qual escreve sobre comportamento e relacionamentos do mundo contemporâneo.