Repórter viraliza depois de entrar ao vivo com filho no colo: “Pai de verdade”

A transmissão acontecia nesta quinta-feira (30) e o momento foi tão fofo que acabou viralizando, gerando muita repercussão positiva nas redes sociais.

Felipe Kieling é um repórter correspondente do Grupo Bandeirantes, em Londres, que conquistou a internet depois de entrar ao vivo com seu filho Lucas, de 11 meses, no colo.

A transmissão acontecia nesta quinta-feira (30) e o momento foi tão fofo que acabou viralizando, gerando muita repercussão positiva nas redes sociais.

Kieling entrou ao vivo na programação da Band News FM para falar sobre o futuro do jogador Neymar, que pode estar de saída do PSG.

Durante a transmissão, o pequeno Lucas estava chorando e pedindo a atenção do pai, que não resistiu e resolveu pegá-lo no colo para tentar acalmá-lo.

“Lucas não pôde ir para a creche. A gente não tem família por perto e a minha esposa estava em uma reunião importante. Ele veio comigo para o trabalho e não deu muito sossego… Faz parte”, explicou ele no Instagram.

Os internautas receberam o vídeo com muito carinho e deixaram muitas mensagens de apoio para o repórter. “Pai de verdade!”, escreveu uma intertnauta. “É muito bonito de ver (devia ser comum) um pai assumir a paternidade assim. Lindo exemplo!”, comentou outra.

Seus colegas de profissão também marcaram presença nos comentários. “Sensacional (risos) Muito bom, cara!”, escreveu o jornalista Lucas Martins. “Maravilhoso. É isso, meu amigo. E parabéns por não estressar”, postou Marina Machado, apresentadora do Sem Cenrura.

Não é a primeira vez que Kieling se mostra um paizão, no dia em que o bebê veio ao mundo, ele fez um texto emocionante em sua rede social.

“Foram 34 horas de parto. Lucas O’Regan Kieling não estava muito disposto a nascer. Acho que quando estava na barriga da mamãe escutou alguns rumores de que esse mundão estaria um pouco complicado.

Expliquei para ele que essa caminhada pode ser muito prazerosa e que ele terá uma família disposta a ajudá-lo a cada passo dado. Chorou um pouco, mas resolveu vir.

Mamãe foi uma guerreira e não tenho palavras pra descrever minha admiração por ela e por todas as mães do planeta. É a coisa mais linda desse mundo, mas não é nada fácil. Meu mais profundo respeito!”, postou ele na ocasião.

ASSISTA:

*DA REDAÇÃO RH. Com informações de Revista Quem.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia