Rato gordinho preso na tampa do esgoto não achava que alguém iria parar para ajudá-lo

Resiliência Humana

Esse rato gordinho ficou preso na tampa do esgoto e não achava que alguém iria parar para ajudá-lo. “Ele fez um breve olhar para nós, como se dissesse: ‘Obrigado – e sim, eu sei que preciso fazer uma dieta.”

O bem-estar de um rato de esgoto pode não significar muito para algumas pessoas, mas com certeza, significa tudo para ele.

Felizmente para este rato urbano rechonchudo que entrou em um tipo de situação bastante desconfortável, sua vida foi salva por algumas pessoas gentis que concordam que sua vida vale a pena.


Berufstierrettung Rhein Neckar

No domingo, socorristas de animais da alemã Berufstierrettung Rhein Neckar receberam um telefonema de uma família preocupada que viu o rato gordinho preso no buraco de uma tampa de drenagem de esgoto.

Evidentemente, ele acumulou um pouco de peso demais para se espremer através da abertura – e, naquele momento, foi pego em uma luta inútil para se libertar.

O desespero do rato era bem aparente. Mas ele não ficou sem ajuda por muito tempo.


Berufstierrettung Rhein Neckar

Logo, os voluntários do grupo de resgate estavam em cena, observando que o rato, além de estar preso, estava saudável.

“Ele estava realmente em boas condições”, disse Andreas Steinbach, porta-voz do Berufstierrettung Rhein Neckar, ao The Dodo.


Berufstierrettung Rhein Neckar

Mas o rato era tão gordo que os socorristas foram incapazes de retirá-lo através do buraco com o equipamento que tinham em mão. Ele estava muito apertado.


Berufstierrettung Rhein Neckar

Este resgate de roedores precisou profissionais especializados.

“Não conseguimos resgatar o rato sozinhos”, disse Steinbach. “Então chamamos os bombeiros voluntários.”

E com certeza, eles levaram a situação a sério também.


Berufstierrettung Rhein Neckar

Em vez de tentar arrancar o rato através do buraco do jeito que ele estava, arriscando ferir o rapazinho, os bombeiros adotaram uma abordagem diferente.

Eles levantaram a tampa do esgoto para puxá-lo de volta para o fundo.

Foi um esforço de equipe – um ato de compaixão, tudo por causa de um rato.

Felizmente, funcionou.

O rato gordinho foi libertado – libertado, após uma avaliação rápida, de volta ao sistema de esgoto que ele chama de lar.

Antes de desaparecer, no entanto, ele parecia mandar uma mensagem para aqueles que vieram salvá-lo: “Ele fez um breve olhar para nós, como se dissesse: ‘Obrigado – e sim, eu sei que preciso começar uma dieta “, disse Steinbach.

Mas o roedor não foi o único agradecido naquele dia.

Após o resgate bem-sucedido, os que estavam lá para ajudar foram recebidos por duas crianças da família que fizeram a ligação para salvar a vida do rato.

Berufstierrettung Rhein Neckarv

Para alguns, seus esforços para salvar um rato humilde podem ter parecido um desperdício – mas não para Steinbach e os outros voluntários que mudaram tudo para melhor.

“Não fazemos diferença sobre que tipo de animal precisa de ajuda. Estamos em resgate de animais, não em controle de pragas”, disse Steinbach, acrescentando que a reação ao resgate foi mista, embora em grande parte encorajadora.

“Recebemos algumas mensagens ruins de pessoas dizendo que os ratos são pragas, mas recebemos muito mais boas mensagens e agradecimentos de muitas pessoas”.

Felizmente, neste caso, a bondade ganhou o dia.

**Via Redação Resiliência Humana, com informações de The Dodo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia