Quem tem um sonho, nunca aceita migalhas, pois sabe que merece mais!

Uma pessoa que acredita em seus sonhos, sempre possui mais de uma opção, ela não se contenta com sobras e migalhas, ela quer o melhor porque sabe que merece mais!

Ter coragem para perseguir os sonhos é a carta na manga das pessoas perseverantes. Pessoas sonhadoras sempre buscam conhecer novos caminhos, porque sabem que a felicidade é uma escolha!

Dinheiro, saúde, relacionamentos, família, todos nós temos um sonho em cada área da vida, ao menos para cada item dessa rede que interliga a vida, temos um objetivo, uma meta, um sonho que queremos conquistar.

Em alguma área da nossa vida, certamente, pensamos que falta alguma coisa. COlecionamos muitas frustrações que nos levam a desenvolver doenças em nosso corpo físico que são o reflexo da nossa falta de conexão com as vontades reais da nossa alma.

A alegria em uma área da vida, não anula a tristeza em outra.

O foco na falta tem o poder de nublar os nossos pensamentos.

O autoconhecimento é o caminho para que possamos entrar em contato com a nossa verdade, com o para quê queremos realizar um sonho.

Se não sabemos os motivos que nos levam a querer o que queremos, ou se o nosso querer está vinculado aos outros, ou seja, se nós queremos fazer algo apenas para agradar uma outra pessoa, ou para provar para ela que conseguimos, mesmo depois de atingir esse objetivo, nos sentimos infelizes. Porque os nossos sonhos precisam estar vinculados a nossa própria realização e não a tudo o que os outros esperam de nós.

Para que a gente consiga descobrir a verdade a respeito dos nossos sonhos, nós precisamos aprender a gostar da solidão. A gostar do silêncio e de desfrutar da quietude. Mas se não conseguimos parar, se a todo instante precisamos estar ocupados, fazendo algo, ou falando com alguém, fica praticamente impossível, ouvir a nós mesmos.

Só na solidão conseguimos entender quem somos, mas muitos de nós, tem medo de ficar sozinho com os próprios pensamentos e sentimentos. Muitas vezes, se não gostamos da pessoa que nos tornamos e não aceitamos a nossa realidade, assim, como ela se apresenta, a depressão nos alcança, nos abraça e demora a se despedir.

Por falta de conhecimento sobre a verdade a respeito de nós mesmos, muitas vezes, perseguimos sonhos que não são nossos e acabamos aceitando migalhas. Infelizmente, quando aceitamos essas sobras, nos tornamos infelizes.

Para que isso não aconteça, a gente precisa aprender a gostar de todas as partes que formam quem nós somos. Precisamos aprender a nos acolher, a olhar para as partes que não gostamos e iluminar cada uma delas, mas sobretudo, precisamos nos agarrar e focar nas qualidades que temos, e começar um romance com a gente mesmo.

Se cairmos na besteira de focar na falta… Falta saúde, falta dinheiro, falta uma família estruturada, falta tempo, falta tudo! Então o que precisamos fazer?

Meditar. Sim, precisamos meditar. POdemos começar com 5 minutos por dia, depois ir aumentando um pouco por dia. Esse tempo de silencio e de solitude é o que precisamos para sentir o amor em nós.

Porque aqueles que se amam se permitem, no máximo, um dia de tristeza e lamentação, com o autoconhecimento, esse tempo diminui muito, para muitos, meia hora já é o bastante.

De onde tirei essa teoria?

Uma conclusão óbvia!

Uma pessoa que se “ama” não demora em sofrimentos, não perde tempo com dor e desânimo, porque ela não foca na dor e na decepção, ela foca na lição.

Quem tem um sonho e esse sonho está conectado com o propósito da sua alma, ou seja, não é o ego que quer e sim a sua essência, sabe da importância de buscar soluções para a própria vida.

Já me senti sozinha. Já ouvi meus pensamentos dizendo “ninguém gosta de você”, “as pessoas que você mais gosta não possuem o mesmo amor por você”, “não sentem a sua falta e nem querem te ajudar nas suas dificuldades”. Já errei muito, já foquei na falta, já fracassei e já aceitei migalhas, por isso, sei bem do que estou falando.

Eu só consegui superar as dificuldades e parar de aceitar sobras dos sonhos dos outros, quando decidi descobrir quem eu realmente era, quais eram as minhas reais necessidades, com o que eu poderia contribuir com o mundo…

Foi nesse momento, que eu sacudi a poeira e cai na real. Amigos assim, não são amigos de verdade, a gente queria muito que eles fossem, mas não são. Por um mês fiquei pensando o que Deus queria me dizer com isso… E entendi.

Ouvi de uma amiga que eu estava de MIMIMI, parei e pensei: se as minhas necessidades internas são MIMIMI para ela, porque as necessidades dela devem ser importantes para mim?

Muitas pessoas pensam que não são boas o suficiente e buscam nos amigos uma ajuda, mas na verdade, e isso descobri a duras penas, precisamos mesmo aprender a nos resolver sozinhos, na quietude, na solitude, porque quanto mais lamentarmos e mendigarmos amizade e atenção, mais as pessoas vão se distanciar de nós!

Parece o fim, mas… não é. É apenas o começo do amor que devemos buscar em nós mesmos. É assim!

Nossas dificuldades nos impulsionam para a realização dos nossos sonhos. Nos tornam maduros e fortes!

Acolha-se e ame quem você é, você verá as coisas se resolverem, sem que você tenha que fazer tanto esforço.

Mas se você sentir que está muito pesado, procure ajuda nas pessoas certas, em profissionais, em terapeutas… Pare de querer ser ajudado por quem não sabe como te ajudar, mas pensa que sabe.

Quanto mais fortes somos, mais persistentes e audaciosos conseguimos ser em relação aos nossos sonhos.

Sejamos os responsáveis pela vitória de nossas dificuldades! Sejamos resilientes! Sigamos em frente, sem demora!

Não deposite mais as suas dores nos ombros dos outros para que eles as resolvam! Eles só irão te confundir ainda mais.

Quem tem um sonho alinhado com a vontade da sua alma não aceita migalhas, porque sabe que merece mais! Muito mais!

Se for preciso ficar sozinho para realizar os seus sonhos, fique! Confie! Tudo dará certo quando você aprender a escutar a si mesmo e não, a opnião dos outros!

Se é um direcionamento que você precisa, me chame no direct @escritoraiarafonseca e agende uma SESSÃO DE AUTOEXPANSSÃO . Foto de J. Meier no Unsplash

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática, facilitadora espiritual, de autoconhecimento e inteligência emocional.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .