Quanto você tem se diminuído, apagado sua luz, para estar em lugares que não te cabem?

Anieli Talon
quanto-voce-tem-se-diminuido-apagando-sua-luz-para-estar-em-lugares-que-nao-te-cabem

Quanto você tem se diminuído, apagado sua luz, e se esforçado para estar em lugares que não te cabem? Que tipos de relacionamentos você está se vinculando? Quem são as pessoas que hoje estão no seu radar? E por que você está atraindo elas?

Mais uma vez, campos de ressonância.

O ano do Sol vem para clarear, ressignificar, simplificar, transformar e curar, em todas as esferas. Você já deve estar sentindo isso. Sol é informação, é um chamado à transcender a vida!

Se você vive conexões rasas, pergunte-se, que parte sua necessita dessas conexões?

Nada de errado nessas conexões, desde que você entenda que são rasas! Que não há possibilidade de aprofundamento a dois.

Sinta a maré!

Perceba se estas relações não estão ocupando um espaço na sua vida hoje, que pode ser que nem faça mais sentido.

Então, se você ainda permanece nesses lugares, pode ser uma resistência sua ao mergulho, à luz do amor.

Já pensou nisso?

O medo de ser traído, não amado, enganado…

Você também pode estar sendo raso.

Os rasos são aqueles que vão até a página dois, e dali não se abrem para novos horizontes.

Mais uma vez, nada contra as relações rasas e superficiais desde que você entenda que elas não servem ao vínculo.

Mas, se seu desejo é vinculo profundo, pergunte-se: “essa relação que estou investindo minha energia, tem coerência com o tipo de relação que eu desejo”?

Quem sabe não seja o momento de uma limpeza relacional?

Perceba o quanto você tem se diminuído, apagado sua luz, se esforçado para estar em lugares que não te cabem.

Quantas pérolas tem dado aos “porcos”? O quanto você tem se dado sem uma devolutiva favorável e à altura? Lugares que não estão valorizando seu afeto, sua entrega, seu amor?!

Sinta!

Ouça seu coração e intuição.

Pode ser que tenham pessoas querendo se conectar com você profundamente e este campo não está aberto.

Pode ser que nem seja a questão de trocar de parceiro, mas de deixar esse vinculo se diluir, simplesmente decidindo pelo o que é melhor para você, e pode ser que esse melhor é o encontro com você mesma antes de se abrir para algo mais grandioso!

Basta você querer!

Você tem a varinha magica na mão.

Se não fizer o pedido e se alinhar a ele, ele não se realiza.

Deixa a luz entrar,e permita o amor te encontrar – começando pelo próprio.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Anieli Talon
É jornalista, atriz e tem a comunicação como aliada. Escritora por natureza, tem mania de preencher folhas brancas com textos contagiados por suas inspirações.