Quanto mais você julga a sua vida, mais insatisfeito você se sente.

A vida precisa ser celebrada e aproveitada ao máximo, sempre acreditando que tudo o que acontece é para o melhor. Porém, nem sempre conseguimos estabelecer essa relação de gratidão com a nossa vida, e essa dificuldade de enxergar beleza, mesmo na dificuldade, é o que nos leva a frustração.

A frustração é o resultado das dúvidas e das incertezas que surgem das suas necessidades não atendidas.

Na medida que você vai colecionando frustrações, você passa a se sentir insuficiente, desanimado, sem esperanças de que hoje pode ser melhor do que foi ontem.

Você só saberá se algo funciona depois de experimentá-lo, não adianta pensar que não vai dar certo, sem antes, colocar em prática. E mesmo que dê errado, a experiência sempre te trará algum aprendizado. Enquanto ficar se lamentando, sem nada fazer, apenas te colocará em um estado de sofrimento angustiante.

Você precisa aprender a ser uma demonstração viva da fé, e isso só acontece quando você decide experimentar a vida e não teme o que poderá vir a acontecer, caso você venha a falhar.

Você se sente frustrado, não porque você fracassou, mas sim, porque você não conseguiu retirar a lição dos erros que você cometeu.

Talvez, você ainda não tenha conseguido admitir os seus erros diante de tudo o que aconteceu.

Talvez, você ainda julga e culpa outras pessoas, e por isso, não consegue perceber qual é a sua parcela de responsabilidade nisso tudo.

O fato é que, enquanto você não escolher retirar a lição das coisas que não deram certo, você não conseguirá se abrir para o novo, nem viver a fé em sua máxima potência. Você vai continuar se sentindo impotente diante dos problemas que você vivencia hoje.

Experimente fazer diferente hoje. Busque uma ferramenta que seja realmente efetiva para dissolver essas sombras interiores que te faz julgar a sua vida e se sentir insatisfeito com tudo.

Feche os olhos, coloque as mãos no coração, respire fundo e repita as 4 frases do Ho’oponopono:

“EU SINTO MUITO, POR FAVOR ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO”.

Faça as repetições em voz alta ou mentalmente, e coloque uma intenção amorosa em cada uma delas. Repita até que esse sentimento ruim tenha sido dissipado por completo.

Se você não experimentar, você nunca saberá se realmente funciona.

Abra o seu coração e se permita experienciar essa ferramenta que libera o perdão, o amor e te conecta com a gratidão, que é o portal para que coisas extraordinárias comecem a acontecer na sua vida. Mas quando você julga, as mesmas situações se repetem.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Juliana Vasilian. Visite o seu Instagram @julianavasilian e o seu canal no Youtube Juliana é terapeuta transpessoal, especialista em Desenvolvimento Humano – Devolvendo o SORRISO DA ALMA
+ de 1000 transformações diárias. CLICA AQUI NESSE LINK PARA SE CONECTAR COM ELA.

Foto de Keren Fedida no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Especialista em Desenvolvimento Humano Devolvendo o SORRISO DA ALMA + de 1000 transformações diárias Se permita olhar para si