Quando você fica desapontado com o amor, aprende que ser solteiro não é a pior coisa do mundo.

Resiliência Humana
quando-voce-fica-desapontado-com-o-amor-aprende-que-ser-solteiro-nao-e-a-pior-coisa-do-mundo

Quando você fica desapontado com o amor, aprende que ser solteiro não é a pior coisa do mundo.

Você aprende que o tempo não cura todas as feridas e que a recuperação não é linear. Você decide que é melhor ficar sozinho do que ficar preso em um relacionamento tóxico que o desrespeita. Você se coloca como uma prioridade em vez de ser uma opção para outra pessoa. Você aprende a se construir em vez de depender do amor para validar você.

Quando você fica desapontado com o amor, aprende que precisa se curar e se concentrar no seu bem-estar. Você se apaixonou tantas vezes quanto ficou com o coração partido. Se o amor é o sentimento mágico que faz você se sentir no topo do mundo, então o coração partido é quando você atinge o fundo do poço, sem esperança e luz.

Quando você fica desapontado com o amor, é consumido pela culpa e pela insegurança de que deve ser a causa disso. Você começa a acreditar que não merece amor e talvez seja melhor ficar sozinho.

Você fica ressentido quando se compara a seus amigos e outras pessoas que têm relacionamentos tranquilos.

Quando você fica desapontado com o amor, percebe que não pode continuar com seus velhos métodos de entrar em relacionamentos que não levam a lugar nenhum. Você reconhece que, embora uma separação possa parecer a pior coisa que já aconteceu, ela o está levando a um lugar melhor a longo prazo. As lições que você aprender permitirão que você cresça e surja mais forte.

Quando você fica desapontado com o amor, aprende que a única pessoa de quem pode realmente confiar é você mesmo. Você se torna seu melhor amigo e alma gêmea, pronto para enfrentar todos os desafios à sua frente. Você acredita fortemente no amor-próprio e dedica-se ao autocuidado, pois sabe que o melhor relacionamento da sua vida é consigo mesmo.

Quando você fica desapontado com o amor, sabe de que tipo de parceiro precisa e se recusa a aceitar. Você quer certeza no compromisso e não quer perder seu tempo em encontros causais. Você está feliz com sua vida atual e promete a si mesmo que só terá um relacionamento com alguém que o faça mais feliz e realizado.

Quando você fica desapontado com o amor, o relacionamento o assusta. Você pensa no esforço e no tempo necessários para superar uma separação e nunca mais quer passar por isso novamente. Você está com medo de deixar alguém entrar e ter seu coração despedaçado em consequência. Você não acredita mais que o amor vale seu preço.

Quando você fica desapontado com o amor, fica perfeitamente bem sozinho. Você ainda sonha em encontrar o amor da sua vida um dia. Você acredita no amor apenas que não está convencido de que isso vai acontecer com você. Você quer se apaixonar, mas não é mais seu objetivo final.

Quando você fica desapontado com o amor, valoriza como o amor é precioso e milagroso. Você está animado com as possibilidades ilimitadas que o futuro reserva. Esteja você se apaixonando em um futuro próximo ou sozinho, você sabe que está fazendo um bom progresso e é o suficiente.

*Tradução e adaptação REDAÇÃO RH. Com informações Thought Catalog
*Foto de Marcos Paulo Prado no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia