QUANDO VOCÊ DESEJA REALMENTE SER FELIZ, AS COISAS SE TORNAM SIMPLES, NATURALMENTE…

MARIAH ANDRADE

Houve um tempo em que tudo era festa, com o passar do tempo e acúmulos de responsabilidades e o nosso mundo cada vez mais materialista, acabamos esquecendo de quem realmente somos e queremos de fato ser.

E quando isso afeta nossa saúde, começamos a pensar, será que não é hora de mudança? Um caso a mais para se pensar…

Então sejamos coerentes e vamos deixar essa ideia constante que temos de querer mudar o mundo.
Com a chegada da maturidade começamos a pensar que se optarmos em ser leves e tranquilos durante nossa caminhada, essa será a melhor decisão a ser tomada.

Quando você deseja realmente ser feliz, indiferente ao que esteja acontecendo a sua volta, as coisas se tornam simples naturalmente…

Então seja generosa com você, passe um tempo se curtindo, tire um dia para fazer absolutamente nada, compre aquele doce de que você mais gostava de comer quando era criança, use seus milhares de cremes que você comprou para cuidar da sua pele e nunca usou, ligue para pessoas que você sempre pensar em ligar, mais o dia passa e você repete para si mesma: amanhã eu ligo; e nos sabemos que amanhã pode ser tarde D+…

Pegue suas fotos do passado de gargalhadas altas com as roupas que usava naquela época, e diga: Meu Deus como o tempo foi generoso com você, confesse você e mais bonita agora, mesmo estando mais flácida, e com a cintura menos fina (não é meninas) …

Sem falar, que para ser nosso príncipe encantado, está cada dia mais impossível de ser preenchida essa vaga. Somos livres não queremos mais encontrar alguém, ao contrário, queremos ser encontradas, amadas, respeitadas em espaços e ações, não somos mais bonecas de luxo ou simples donas de casa, somos Mulheres Divas á frente do nosso tempo não temos mais contextos, paradoxos ou explicação a serem prestadas, somos mulheres e pronto!

Isso já nos basta e não dizemos isso por ser feministas, mas sim por que fomos feitas para ser leves, doces, afetuosas, cuidadosas, amigas, compreensivas, pacientes, inspiradoras, lindas e no mundo corporativos, muitas vezes nos mulheres, passamos a agir racionalmente e nos tornamos mulheres fortes e usamos a auto cobrança e com isso buscamos e queremos fazer tudo cada vez melhor, queremos ser mães perfeitas, mulheres lindas, empresarias bem sucedidas, diplomadas, doutoradas, ter a casa em perfeito estado com tudo limpo e organizados, com uma agenda lotadas de horários e compromisso, que mesmo com um dia de 48 horas, qualquer outro ser pensante não se atreveria ou conseguiria cumprir, mas somos capazes de cumprir mil tarefas, ainda que isso nos custe deixar de fazer coisas que nos dariam prazer e trocamos isso por obrigações e mesmo nos sentindo contrariadas e cansadas, fechamos o dia e dizemos a nos mesma: ufa acabou!
E no dia seguinte começa tudo de novo, e cada dia, a cada mês e a cada ano…

E depois de nos tronarmos mulheres “Poderosas e Realizadas”, não conseguiram visualizar em nossas vidas os sentimentos de completas, logo vem as reclamações de tudo e nos tornamos vítimas, das horas de prazer e estado de euforia, que roubamos de nós mesma, em busca da mulher maravilha que nos dias de hoje toda mulher imagina ser…

Mas quero que saibam que de vez em quando, temos que nos permitir ser “Frágeis”!

Afinal a vida não tem uma formula mágica, um guia prático, dizendo passo a passo, como resolver os problemas e conflitos que surgirão ao longo das nos relações pessoais e profissionais, mas o que devemos saber é que tudo muda a cada instante e temos que esta prontas para nos reinventarmos a cada vitória e derrota que a vida nos traga, se não apreendemos a controlar nossas emoções, elas nos controlarão dia após dia.

Unicidade que caracteriza o ser humano, o fato de sermos únicos, é a garantia de que nenhuma história de vida será igual à outra…

Pense nisso!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


MARIAH ANDRADE
Sempre que perguntam como ela se tornou escritora, Mariah responde: “Escrever livros é uma benção, um milagre. Livros é a forma que Deus deixou para que pessoas mais sensíveis conseguissem se comunicar com seu mundo interior e exterior, buscando ter uma vida cheia de sentimentos e verdades, ao qual nunca saberemos ao certo o que é realidade e o que é fantasia, mas feliz em saber que sua mensagem será entregue ao mundo mesmo depois que deixar de existir.”

COMENTÁRIOS